Abraço Rosa mobilizou cerca de mil pessoas em Várzea Grande

Neste mês, em comemoração ao Outubro Rosa, como forma de conscientizar a população sobre a importância de prevenir o câncer de mama, a Prefeitura de Várzea Grande, por meio da Secretaria de Saúde, promove uma série de atividades relacionadas à prevenção dos cânceres. O marco das ações é o “Abraço Rosa”, evento alusivo ao mês Outubro Rosa que abre as ações do mês nas Unidades de Saúde Básica (UBS), Policlínicas, Centro Integrado da Mulher (CIM) e Unidade de Pronto Atendimento (UPA). “Abraço Rosa” é um evento já histórico que reúne milhares de pessoas, servidores públicos, autoridades e ainda mulheres que foram acometidas pela doença e com muita garra e determinação venceu a doença. O objetivo do “Abraço Rosa” é de intensificar as recomendações para o diagnóstico precoce e rastreamento do câncer de mama indicadas pelo Ministério da Saúde.

“A prevenção é o melhor caminho para combatermos o câncer de mama. Essas ações que acontecem durante o Outubro Rosa são um complemento do trabalho preventivo que realizamos durante todo o ano no município em nossas unidades de Saúde. E, em breve, vamos ampliar ainda mais essas ações com a Rede de implantação da Estratégia Saúde da Família. Outubro Rosa, apesar de já existir há muito tempo, em Várzea Grande, o “Abraço Rosa”, a cada edição, o movimento tem maior impacto direto na vida das mulheres várzea-grandenses. O número de mulheres participando do “Abraço Rosa”, mostra o quanto o evento conseguiu levar sua mensagem, conscientizando-as para a importância da prevenção, por meio da informação e do autoexame”, frisou a prefeita Lucimar Sacre de Campos.

Lucimar Sacre ressaltou que conhecer o próprio corpo é a maneira mais eficaz para combater o câncer de mama e garantiu mais melhorias ao atendimento público de saúde para as vítimas dessa doença. “Queremos que as políticas públicas sejam moduladas, desenhadas e implementadas visando à dignidade e o reconhecimento das usuárias desses serviços. O câncer de mama é o câncer que mais mata mulheres”, alertou.

O secretário de Saúde, Diógenes Marcondes destacou a importância do movimento e o empenho da gestão municipal no combate ao câncer de mama. “Creio que o combate ao câncer de mama exige não apenas o posicionamento do estado, governo municipal e instituições ligadas a área da saúde, mas também o esclarecimento e a consciência das mulheres que são fundamentais nessa luta”.

Várzea Grande aderiu a causa nacional
De acordo com secretário de Saúde, durante o mês, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS/VG) irá realizar uma série de ações em comemoração ao movimento como, por exemplo, a intensificação da oferta de mamografias para investigar a doença. “Esta ação atenderá gratuitamente mulheres de 40 a 69 anos de idade que não fizeram o exame nos últimos dois anos”.

Diógenes Marcondes disse que o objetivo do Outubro Rosa é conscientizar sobre a importância da prevenção ao câncer de mama. “A prevenção é realizada através do exame clínico feito pelo ginecologista e a mamografia. Quanto mais cedo for detectado o câncer de mama, mais chances a paciente terá de se curar”, informou, acrescentando que o ideal é fazer o exame de mama aos 40 anos, mas se a pessoa tiver um caso de câncer de mama na família. Neste caso, a recomendação é fazer a mamografia aos 35 anos de idade.

A dona de casa, Vicentina de Paula, 49 anos, do bairro São Simão disse que recebeu o diagnóstico em fevereiro de 2015. “Senti um nódulo na mama esquerda. Para mim era inacreditável. Fiz os testes e a biópsia, que confirmou a suspeita. Segui o protocolo de tratamento com cirurgia de mastectomia radical, seguida de sessões de quimioterapia e radioterapia. Sigo com remédios. Meus exames estão tranquilos. Minha vida é outra, mais tranquila. Só vivo e nada mais”, detalhou.

Em janeiro do ano passado, Maria das Graças recebeu o diagnóstico de câncer de mama. A primeira reação foi de desespero, pois o tumor tinha um tamanho de diâmetro expressivo, com risco de se espalhar para outras partes do corpo. “A vontade de viver, fé e a esperança da cura foram fundamentais para a superação da doença. “Hoje comemoro a cura e meu testemunho de superação permite que minha história sirva de inspiração para outras pacientes neste Outubro Rosa”.

Durante este mês, o prédio público Paço Couto Magalhães terá iluminação especial em alusão ao Outubro Rosa, a iluminação externa será cor-de-rosa para alertar sobre os riscos e a necessidade de diagnóstico precoce do câncer de mama. Também durante a campanha, as mulheres que procurarem as Unidades de Saúde serão orientadas a se prevenir com consultas de rotinas e exames clínicos. As com idade acima de 40 anos terão o exame de mamografia agendado, caso o mesmo não tenha sido feito nos últimos 2 anos. A solicitação será feita na hora por enfermeiros das unidades para liberação do procedimento e agendamento do paciente.

OUTUBRO ROSA – O Movimento Outubro Rosa foi criado em 1997 nos Estados Unidos e atualmente é comemorado em todo o mundo. O objetivo é dar visibilidade e estimular a participação da população e entidades na luta contra o câncer de mama, bem como sensibilizar o poder público sobre a importância de dar atenção adequada à doença. A marca principal do Outubro Rosa é a iluminação de monumentos históricos com a cor rosa.

Comentários Facebook