“Amoral” e “revoltante”! Famosas se manifestam contra o assédio sexual


Ana Paula Evangelista diz o que acha sobre o assédio sexual
Arquivo pessoal

Ana Paula Evangelista diz o que acha sobre o assédio sexual

É possível notar que o assédio sexual é um assunto em alta nos últimos tempos. Embora sempre tenha existido, o assédio nem sempre foi comentado com tanta liberdade como no período atual, em que o empoderamento e a liberdade estão em pauta. Tendo isso em mente, algumas celebridades se posicionaram a respeito do assunto, expondo seus pontos de vista para a equipe do iG Gente .

Leia também: Estudo mostra que 94% das mulheres já sofrem assédio em Hollywood

Celebridades mostram revolta em relação ao assédio sexual


Wanessa Angel expõe pensamentos sobre o assédio sexual
Arquivo pessoal

Wanessa Angel expõe pensamentos sobre o assédio sexual

A modelo Ana Paula Evangelista, eleita duas vezes  Rainha do Carnaval Rio de Janeiro, expôs seus pensamentos envolvendo o assédio sexual : “Assédio é algo que persegue nós mulheres desde sempre. Não tem como negar que a classe feminina é a que mais sofre com essa situação”, dissertou. A musa da Unidos da Tijuca também assegurou: “Não importa se é físico ou moral. Assédio é assédio e isso precisa acabar!”

Eleita a musa do Botafogo, Wanessa Angel – também conhecida como mulher kiwi – também mostrou o seu posicionamento diante de como é encarado o assédio sexual: “Acho o assédio amoral. A pessoa que pratica tal ato não sabe o que é moral e ética! Vai muito além da pessoa ser ‘safada’, como dizem por aí”, afirmou. “É questão de postura e valores que, infelizmente, desconhecem por várias questões hoje impregnadas na nossa sociedade: como a falta da família na formação do indivíduo, por exemplo”, concluiu.

Leia também: Como os movimentos contra o assédio devem impulsionar as mulheres no audiovisual


Markelly Oliveira manifesta revolta contra assédio sexual
Arquivo pessoal

Markelly Oliveira manifesta revolta contra assédio sexual

A atriz, nutricionista e modelo Markelly Oliveira demonstra com firmeza sua visão negativa sobre o assédio. Assim como as outras musas do carnaval anteriormente citadas, Markelly expôs com convicção seu modo de pensar: “Revolta! É o que sinto quando o assunto é assédio! Não existe explicação para isso. Precisamos falar sobre isso e expor esse assunto. Quem comete assédio, seja físico ou moral, tem que ser punido!”

Leia também: Acusado de bater com pênis no rosto de uma moça, Jamie Foxx não será processado

Já Angela Bismarchi, que é modelo, apresentadora e cantora observa que o  assédio sexual não faz parte dos seus ideais cristãos. Expondo sua visão por meio da religião, Angela declarou: “As trevas ou a luz? Isso é uma escolha para as pessoas desse mundo. As trevas levam para a escuridão, e nesse caso do assédio, o caráter de certos homens aleijados que como muletas, se apoiam no sexo imundo e torpe. São adoradores de Satanás. Nao conhecem a Deus!”


Angela Bismarchi utiliza a religião para embasar seu ponto de vista sobre o assédio
Arquivo pessoal

Angela Bismarchi utiliza a religião para embasar seu ponto de vista sobre o assédio

Comentários Facebook