Após escândalos e lesões, Tiger Woods vence Masters e encerra 11 anos de jejum


Tiger Woods sorrindo e segurando um trofeu
EPA/Reprodução

Tiger Woods celebra vitória no Masters de Augusta

 Após 11 anos de jejum, o americano Tiger Woods voltou a conquistar um dos quatro principais torneios do golfe do mundo.

Leia também: Tiger Woods e ex-namorada têm nudes vazados na internet; confira

Aos 43 anos, Tiger Woods faturou neste domingo (14) o Masters de Augusta, retornando ao topo de um major pela primeira vez desde o US Open de 2008.

Além disso, o golfista não vencia o Masters, considerado o torneio de maior prestígio no esporte, havia 14 anos. Esse foi o 15º major na carreira do americano, que perde apenas para os 18 títulos do compatriota Jack Nicklaus.

“Essa é uma das vitórias mais importantes e difíceis da minha carreira”, disse Woods, emocionado. “Depois dos problemas nas costas, pensei em parar, e hoje estou aqui festejando”, acrescentou.

Considerado um dos maiores golfistas de todos os tempos, ele foi líder do ranking mundial por 683 semanas, mas viu sua carreira entrar em declínio a partir de 2009.

Leia também: Ex-atriz pornô cutuca Tiger Woods: “Se aposente com alguma dignidade”

Além da revelação de seus casos extraconjugais, Woods sofreu com lesões nas costas e precisou fazer quatro cirurgias. “Parabéns para Tiger Woods. Um verdadeiro grande campeão!”, escreveu no Twitter o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump , acrescentando que “ama pessoas que se saem bem sob pressão”.

Seu antecessor no cargo, Barack Obama, também elogiou Tiger Woods . “Voltar e vencer o Masters depois de tantos altos e baixos é uma prova de excelência e determinação”, disse. 

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook