Após fiasco na Copa, Argentina paga multa e demite o técnico Jorge Sampaoli


Jorge Sampaoli não é mais o treinador da Argentina
JEWEL SAMAD / AFP

Jorge Sampaoli não é mais o treinador da Argentina

A situação de Jorge Sampaoli estava insustentável após a eliminação da Argentina nas oitavas de final na Copa do Mundo e não deu outra. Segundo o diário “Olé”, a AFA (Federação Argentina) pagou a multa rescisória e demitiu o técnico da seleção hermana.

Leia também: Sampaoli perde poder e jogadores vão decidir quem serão titulares

Jorge Sampaoli  aceitou reduzir o valor que tinha direito a receber na quebra do contrato e fez um acordo de 2 milhões de dólares (cerca de R$ 7,7 milhões) – vale lembrar que a multa inicial era de 8 milhões de dólares, aproximadamente R$ 30,8 milhões.

Além da queda diante da França no Mundial da Rússia, as inúmeras críticas de imprensa e torcedores em cima das suas escalações e a polêmica de que teria perdido o comando do time também foram determinantes para a demissão.

Leia também: Mãe revela choro de Messi com pressão pela seleção da Argentina

Alguns nomes já estão sendo ventilados pela AFA para assumir o comando argentino: Marcelo Gallardo, Matías Almeyda, Ricardo Gareca, Mauricio Pochettino e Diego Simeone, todos ex-jogadores da seleçãoe com bons trabalhos como treinadores.

A campanha de Jorge Sampaoli


Sampaoli e Messi na Copa do Mundo de 2018, na Rússia
FIFA/ Divulgação

Sampaoli e Messi na Copa do Mundo de 2018, na Rússia

No total, Sampaoli comandou a Argentina em apenas 15 partidas, conquistando sete vitórias, com quatro empates e outras quatro derrotas, sendo duas delas na Copa do Mundo diante de Croácia (0x3) e França (3×4). No Mundial, a equipe ainda empatou com a Islândia (1×1) e venceu a Nigéria (2×1).

A estreia do técnico na seleção argentina foi em 9 de junho de 2017, num amistoso contra o Brasil, realizado na Austrália. Na ocasião, os argentinos venceram por 1 a 0 e impuseram a primeira derrota de Tite no comando verde e amarelo. 

Leia também: Sampaoli deixou de convocar atleta para evitar atrito com líderes da Argentina

O melhor momento de Jorge Sampaoli na Argentina foi na reta final das Eliminatórias. O país corria sérios riscos de não se classificar para a Copa da Rússia, mas o treinador conseguiu levar o time para a competição – no último jogo, uma vitória imponente contra o Equador, fora de casa, com show de Messi.

Comentários Facebook