“Cata-treco” já superou número de atendimentos feitos em 2017

Aproximadamente 170 bairros já foram contemplados pelo programa “Cata-treco” nestes primeiros sete meses de 2018. Implantado pela Prefeitura de Cuiabá em 2017, a ação de zeladoria já superou o número de atendimentos realizados no primeiro ano, em que cerca de 150 comunidades receberam o serviço. O resultado é fruto de um plano de ampliação da operação elaborado pelo Município, no intuito de alcançar o maior número de localidades possíveis dentro de um período de 12 meses.

Conforme o planejamento, a meta para 2018 é dobrar a quantidade de atuações realizadas no último ano. Nesse sentido, além de realocar servidores para as seis equipes que se dedicam exclusivamente nessa área, a Prefeitura trabalha na aquisição de novos equipamentos, que se unirão aos já existentes, intensificando a média de atendimento semanal. Nos próximos 90 dias, por exemplo, pelo menos quatro novos caminhões devem passar a fazer parte do aparato de trabalho, aumentando de seis para 10 o total de maquinários.

“Temos como base o princípio do atendimento universal às quatro regiões da cidade. Sendo assim, o nosso objetivo é que todos os bairros recebam, ao menos uma vez por ano, os nossos servidores. O ‘Cata-treco’ é um dos programas mais necessários e populares que a Prefeitura possui. Essa iniciativa tem contribuído para que Cuiabá esteja cada vez mais limpa, diminuindo os bolsões de lixo. E é exatamente essa nossa meta, tonar Cuiabá um exemplo de limpeza. Estamos trabalhando para colocar nossa cidade no topo dos rankings nacionais, valorizando cada vez mais nossa Capital tricentenária”, comenta o prefeito Emanuel Pinheiro.

Por meio do “Cata-treco”, a Prefeitura tem oferecido aos moradores cuiabanos a oportunidade de realizar o descarte de diversos tipos de materiais inservíveis, de maneira segura e em conformidade com as leis ambientais brasileiras. O atendimento ofertado segue um cronograma de atividades montado com a colaboração das Associações de Moradores. Os agendamentos do serviço são feitos na Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, a partir da solicitação feita pelos representantes de cada comunidade.

“Ao receber o ‘Cata-treco’, o cidadão pode descartar tudo que não seja mais utilizável em sua residência. Pode ser um sofá, uma cama, uma geladeira, enfim, tudo aquilo que é inservível e, muito provavelmente, está no quintal somente como empecilho ou criadouro do mosquito Aedes aegypti. De forma simples e segura, o morador coloca o objeto na frente de sua moradia e nós fazemos o recolhimento, dando a destinação correta. Então, essa é uma atividade que tem uma grande importância para a saúde pública da cidade”, explica o secretário José Roberto Stopa.

O secretário conta ainda que o programa permite que Cuiabá continue avançando, gradativamente, nos campos da sustentabilidade e preservação ambiental. Isso porque, conforme Stopa, caso não fossem recolhidos pela Prefeitura, uma parte considerável desses materiais teriam como destino as áreas de preservação do município, prejudicando os córregos, nascentes e regiões essenciais para a melhoria do clima na Capital. Ainda segundo ele, a iniciativa abrange também o cunho social, já que todo material reciclável coletado é doado para quatro cooperativas, gerando renda para diversas pessoas.  

“Esse é um programa que limpa Cuiabá e, ao mesmo tempo, gera renda para centenas de famílias que dependem do trabalho de reciclagem. Após o recolhimento, fazemos a separação de todo material. Aquilo que pode ser reaproveitado nós doamos às cooperativas. Por exemplo, de uma máquina de lavar roupas podemos retirar o motor e outras peças e entregar para a reciclagem. Aquilo que não pode ser reaproveitado damos o destino correto, que é o aterro sanitário. Esse é mais um exemplo de sustentabilidade e de eliminação de todos os efeitos malignos oriundos do acúmulo de lixo”, argumenta Stopa.

Segundo o diretor de Resíduos Sólidos, Anderson Matos, a Prefeitura tem buscado alinhar as ações de desenvolvimento com aquelas de combate à degradação ambiental. “Nossa meta é permitir que a cidade se desenvolva de maneira sustentável e tendo sempre como um dos focos a preservação ambiental. Por isso, vamos fazer nossa parte e dar a oportunidade para que o cidadão possa caminhar junto no propósito de manter a cidade bem cuidada”, pontua Matos.

Comentários Facebook