Conheça os 5 sedãs compactos mais econômicos do Brasil

É uma tendência que as pessoas parem de ligar para desempenho e comecem a dar mais importância para o consumo de combustível. Os preços altos cobrados nos postos de todo o Brasil assustam qualquer cliente, e isso já virou rotina. Os mesmos R$ 60 que enchiam metade do tanque do seu carro há alguns anos já completam apenas  ¼ de sua capacidade. Em um cenário desse, precisamos optar por alguns dos sedãs compactos mais econômicos do mercado.

LEIA MAIS: Confira nossas primeiras impressões sobre a nova Chevrolet Spin LTZ 2019

Pois é, muitas pessoas se atentam aos sedãs econômicos de entrada, como Voyage, Prisma e Siena. Mas dá para gastar pouco nas bombas de combustível comprando um carro de segmento compacto, que são um pouco mais caprichados que os mais em conta disponíveis atualmente nas lojas. Confira a lista dos sedãs compactos mais econômicos do Brasil.

LEIA MAIS: Ford Ka encara linha 2019 de Hyundai HB20 e Chevrolet Onix

5 – Toyota Yaris Sedan 1.5 XL – média de 13,3 km/l com gasolina


Toyota Yaris Sedan 1.5 XL: modelo japonês passa a ocupar a posição que pertencia ao Volkswagen Virtus entre os sedãs compactos mais econômicos
Divulgação

Toyota Yaris Sedan 1.5 XL: modelo japonês passa a ocupar a posição que pertencia ao Volkswagen Virtus entre os sedãs compactos mais econômicos

Com a chegada do Toyota Yaris para a lista dos cinco mais econômicos, o Volkswagen Virtus foi obrigado a pular fora. Ele mal chegou e já conquistou uma respeitável quinta colocação entre os modelos mais econômicos de seu segmento. De acordo com o Inmetro, quando abastecido com etanol, o Yaris Sedan pode marcar 8,3 km/l na cidade e 10,1 km/l na estrada. Na gasolina, os números sobem para 12 km/l na cidade e 14,6 km/l na estrada.

LEIA MAIS: Veja os principais lançamentos do segundo semestre de 2018

Para isso, você terá que optar pela versão 1.5 com o ótimo câmbio manual de seis velocidades. Vale lembrar que na opção manual, todos os seus rivais diretos possuem apenas cinco. O Yaris Sedan vem sempre com motor de 110 cv de potência e 14,9 kgfm. O 0 a 100 km/h fica na casa dos 11,5 segundos. Mas pra quê pressa quando se tem um sedã econômico assim?

4 – Honda City DX 1.5 – média de 13,5 km/l com gasolina


Honda City DX 1.5: apesar de pecar na falta de controle de estabilidade, sedã é um dos mais econômicos do mercado
Renato Maia/iG

Honda City DX 1.5: apesar de pecar na falta de controle de estabilidade, sedã é um dos mais econômicos do mercado

A versão automática do City bebe um pouco além do que se espera para um carro que se destaca pela economia, ainda mais com ar-condicionado ligado. Para isso existe a versão DX manual de R$ 60.900, que faz 8,6 km/l na cidade e 10,3 km/l na estrada com etanol. Na gasolina as coisas ficam ainda melhores: 12,4 km/l na cidade e 14,6 km/l em trajeto rodoviário.

LEIA MAIS: Veja 5 carros que são vendidos desde que o Brasil ainda era tetracampeão

Seu motor 1.5 também equipa o irmão Honda Fit, e entrega 116 cv de potência e 15,3 kgfm de torque. Conforme a fabricante, o City DX acelera de 0 a 100 km/h em 10,2 segundos. Mas nem tudo é uma festa na vida do sedã. Vale lembrar que a Honda também escorregou na hora de renovar o City 2019, não incluindo controle de estabilidade.

3 – Nissan Versa S 1.6 – média de 13,5 km/l com gasolina


Nissan Versa S 1.6: destaque para o amplo espaço interno, bem como o preço competitivo entre os rivais
Divulgação

Nissan Versa S 1.6: destaque para o amplo espaço interno, bem como o preço competitivo entre os rivais

Sim, City e Versa têm a mesma média de consumo. O critério de desempate, entretanto, favorece o Nissan que bebe menos com combustível de cana-de-açúcar. De acordo com o Inmetro, o Versa é capaz de aferir 8,4 km/l na cidade e 10 km/l no etanol. Com gasolina, os números vão para 12,6 km/l e 14,4 km/l, respectivamente.

LEIA MAIS: Volvo XC40: SUV de luxo, mas sem exageros

Com motor 1.6, o Versa entrega 111 cv de potência e 15,1 kgfm de torque. Acelera de 0 a 100 km/h em 10,3 segundos, de acordo com a fabricante. Uma das coisas que mais gostamos no Versa é o amplo espaço interno. De fato, o modelo sofre com a presença de modelos mais sofisticados como City, Yaris  e Virtus, mas não deixa de ser uma boa compra. Ainda mais considerando os R$ 53.190 que a Nissan pede na versão.

LEIA MAIS: Renault Duster 4×4: SUV compacto é aventureiro de verdade

2 – Chevrolet Cobalt 1.8 MT – média de 13,6 km/l com gasolina


Chevrolet Cobalt 1.8: bom câmbio manual, e amplo espaço e bom porta-malas de 563 litros para quem curte viajar
Divulgação

Chevrolet Cobalt 1.8: bom câmbio manual, e amplo espaço e bom porta-malas de 563 litros para quem curte viajar

Além do amplo espaço interno, e o bom porta-malas, o sedã da Chevrolet também dá um verdadeiro show no consumo de combustível. Conforme os dados do Inmetro, ele faz 8,3 km/l na cidade e 10,4 km/l na estrada com etanol, bem como 12,1 km/l na cidade e bons 15,1 km/l na estrada com gasolina.

LEIA MAIS: Chevrolet Cobalt x Nissan Versa: briga esquenta entre sedãs compactos

A versão LTZ, com câmbio manual, traz motor 1.8 de 111 cv de potência e 17,7 kgfm de torque, números que fazem toda a diferença no desempenho. Destacamos o conforto interno, assim como o câmbio manual de seis marchas, que é um dos responsáveis pelos bons números obtidos em trajeto rodoviário. Você encontrará essa versão do Cobalt nas concessionárias por R$ 64.690.

1 – Fiat Cronos 1.3 Drive – média de 13,6 km/l com gasolina


Fiat Cronos 1.3 Drive: ninguém supera o modelo quando o quesito é economia de combustível
Renato Maia/iG

Fiat Cronos 1.3 Drive: ninguém supera o modelo quando o quesito é economia de combustível

Até o momento, nenhum sedã no Brasil é mais econômico que o Fiat Cronos na versão 1.3 Drive. Novamente, precisamos utilizar o consumo no etanol como critério de desempate entre ele e o Cobalt. O Cronos é capaz de aferir 8,5 km/l na cidade e 10,3 km/l na cidade com combustível de cana de açúcar no tanque. Na gasolina, os números são bem melhores: 12,4 km/l e 14,8 km/l em cidade e estrada, respectivamente, de acordo com os números do Inmetro. Na versão Drive, sai das concessionárias a partir de R$ 53.990.

LEIA MAIS: Conheça os 5 hatches compactos mais econômicos com câmbio automático

Com motor 1.3, entrega 109 cv de potência e 14,2 kgfm de torque. O Cronos acelera até 100 km/h em 11,5 segundos, conforme os dados divulgados pela fabricante. Ele se sobressai pelo bom porta-malas de 525 litros, o maior de sua categoria. Para quem curte viajar com a família, é um prato cheio. Claro, alguns aspectos do modelo ainda precisam amadurecer, mas isso não desqualifica o Fiat Cronos entre os sedãs compactos mais econômicos .

Comentários Facebook