Creas Centro agora conta com canal de orientação

Com intuito de reforçar o Serviço Especializado de Abordagem Social (SEAS), do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), da abrangência Centro, a Prefeitura de Cuiabá criou mais um canal de atendimento.  Em exercício deste setembro deste ano, o canal –  que funciona como número de celular (65) 9 9938-7558 – faz parte do projeto Quero te Conhecer, da Secretaria de Assistência Social e Desenvolvimento Humano e é destinado a ajudar a equipe na intersetorialidade do serviço, com orientação correta de atendimentos à população em situação de rua.

De acordo com a assistente social da Diretoria de Desenvolvimento de Políticas Sociais, Hellen Ferreira, o canal foi pensado para agregar a rede de apoio do serviço de forma que a equipe consiga direcionar os atendimentos ao setor responsável com mais precisão e celeridade.

“Durante as ações do projeto, detectamos uma certa dificuldade na identificação dos encaminhamentos.  A equipe recebia casos que não eram da competência da Assistência e isso trazia ao processo de atendimento um quadro de deficiência. Pois a equipe se deslocava até o local, para então chegar lá e verificar que o indivíduo necessitava da equipe do Samu, por exemplo, e não de acolhimento assistencial, naquele momento. Nisso, ele poderia até correr risco de morte, pela falta de precisão no tipo de socorro. Assim, estudamos uma forma de amenizar essa situação, diminuindo essas incidências e dando mais qualidade ao serviço, com a intersetorialidade”, explica.

O canal funciona de domingo a domingo, até as 22h. De acordo com a técnica responsável pelo atendimento do número, Olga Curvo, a população vem aderindo bem à ferramenta. “Neste quase um mês de funcionamento, o canal vem fluindo bem e a equipe tem conseguido dar mais qualidade aos atendimentos, registrando somente o que cabe à unidade assistencial e encaminhando as demais situações às esferas competentes”, relata Olga.  

Além deste canal facilitador, a população também pode obter atendimento nas duas unidades dos Centros de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) Centro e Norte, de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h.  No Creas, a população é atendida com serviços de cidadania, como o encaminhamento para emissão de documentos, retorno para seu local de origem (cidade, estado), acolhimento em um dos abrigos do município – caso a pessoa aceite -e também ajuda em situações de tratamento de dependência química.  

As ações de abordagem social para população em situação de rua estão sendo realizadas de forma contínua pelos pontos críticos da cidade. Nelas, de maneira passiva, a equipe faz a aproximação, tenta compreender a história do morador e mostrar para ele que existe uma saída. “É o meio que temos de conhecer essa população e desenvolver uma política pública eficiente, com ferramentas que auxilie, cada dia mais, no resgate de cada um”, conclui Hellen Ferreira.

 

Comentários Facebook