Deputados podem retirar LOA e LDO de tramitação

Foto: FABLICIO RODRIGUES / ALMT

Por Flávio Garcia

Os deputados estaduais de Mato Grosso, reunidos em sessão matutina nessa quarta-feira (17), discutiram, ainda no pequeno expediente, a necessidade de retirada de tramitação de plenário do projeto da Lei Orçamentária Anual (PLOA), e do projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), para que seja possível um ajuste entre o governador Pedro Taques (PSDB) e o governador eleito, Mauro Mendes (DEM). A proposta foi apresentada durante a sessão legislativa pelo deputado estadual Dilmar Dal´Bosco (DEM). Ele defendeu a retirada de pauta das duas mensagens do Executivo.

Conforme o parlamentar, é necessário uma discussão das leis, neste momento de transição, pelo governador de Mato Grosso e pelos integrantes da equipe de transição do governador eleito. O parlamentar lembrou que essa foi uma proposta que partiu do deputado estadual Eduardo Botelho, presidente da Assembleia Legislativa, antes mesmo do período de campanha eleitoral.

De pronto, a proposta do deputado Dilmar teve o apoio do vice-líder de governo na Assembleia, o deputado estadual Wilson Santos (PSDB). “Concordo com a proposta do colega Dilmar e acredito que as duas mensagens serão retiradas”, disse Santos.

Comentários Facebook