Fiat Uno personalizado, com mecânica de moto esportiva. Veja vídeo

O título da matéria dessa semana deve ter despertado a atenção dos leitores. E significa exatamente isso: um Fiat Uno personalizado, equipado com motor e câmbio da Yamaha R1. Aliás, da motocicleta esportiva vem também o ronco ensurdecedor em alta rotação.

LEIA MAIS: Réplica de Mini Cooper antigo feita no Brasil traz diversão de sobra, com motor traseiro

O Uno foi lançado por aqui em 1983, com direito a evento exclusivo realizado em Cabo Canaveral, a famosa base de lançamento de foguetes na Flórida. O modelo permaneceu com a mesma aparência durante um bom tempo, passando por pequenas mudanças, até a revitalização em 2013, o mesmo deste Fiat Uno personalizado .

LEIA MAIS: Fiat Tipo Sedicivalvole: puro-sangue italiano marcou época aqui no Brasil

Apesar disso, infelizmente a lei que obrigou todos os carros produzidos no Brasil a saírem de fábrica com ABS (sistema antitravamento dos freios) e airbags frontais, a partir de 1º de janeiro de 2014, representou — indiretamente — o fim de linha para os dois clássicos das ruas brasileiras: o Fiat Uno Mille e a VW Kombi.

LEIA MAIS: Volkswagen Kombi é encurtada e rouba toda a cena no trânsito. Assista ao vídeo

Mas para o engenheiro que montou esse projeto a ideia ia muito além de preparação mecânica. Na verdade, o Fiat seria apenas um instrumento de algo que vemos lá fora nas provas de subida de montanha. E nada melhor do que utilizar um motor de motocicleta esportiva para isso.

LEIA MAIS: VW Fusca com motor de Subaru é diversão garantida

Fiat Uno personalizado é uma verdadeira besta!


Fiat Uno personalizado é conhecido como R-Uno, pela sua mecânica de Yamaha R1, que gira até 15 mil RPM
Divulgação

Fiat Uno personalizado é conhecido como R-Uno, pela sua mecânica de Yamaha R1, que gira até 15 mil RPM

O hatch passou por uma transformação completa durante três anos. Isso incluiu alívio de peso (agora 750 kg) e a instalação de itens como o roll cage, conhecido como Santo Antônio. O tanque de combustível é de 18 litros e os freios a disco nas quatro rodas.

Por aí já dá para ter uma ideia de como isso tudo tomou forma. O interior é rústico e não podia ser diferente. Afinal, a proposta é de algo espartano, mas que tenha um bom equilíbrio entre peso e potência. Bancos no estio concha fecham o pacote com chave de ouro.

LEIA MAIS: Toyota Carina: único no País, com volante do lado direito e motor a diesel

O motor tem 998 cm³ de cilindrada, 10,9 kgfm de torque e a transmissão – por corrente –da R1, além do câmbio sequencial de seis marchas. E o melhor de tudo: cada uma delas pode ser esticada até as 15 mil rpm. Além disso o escapamento tem duas partes e pode se tornar, verdadeiramente, ensurdecedor.

LEIA MAIS: Fiat Marea Turbo: uma perua esportiva bastante à frente do seu tempo

Dirigir o Fiat Uno personalizado , ou “ R-Uno ”, é para lá de divertido. Ele sofre um pouco nas subidas, por conta do torque baixo das motos, mas em linha reta garante momentos bem legais, para espanto geral dos outros motoristas.

Comentários Facebook