Ford vai lançar 50 SUVs elétricos e híbridos até 2022

Ford Territory
Divulgação

O Territory EV, fabricado na China, será o primeiro dos SUVs elétricos da Ford para o mercado asiático

A Ford pretende transformar seu negócio mundialmente ao apostar em um amplo leque de veículos elétricos e híbridos. A empresa anunciou a criação de 16 modelos totalmente elétricos e 40 híbridos eletrificados até 2022 tanto para a própria Ford quanto para a Lincoln, que também pertence a ela, que tem SUVs elétricos em seu portfólio.

LEIA MAIS: Estrada elétrica poderá solucionar transporte de carga inteligente e sustentável

“Vamos fortalecer nossas picapes, veículos comerciais, automóveis de desempenho e SUVs, com abordagem única para veículos elétricos e híbridos”, disse o CEO da Ford Jim Hackett. Vale lembrar que os SUVs elétricos e híbridos têm sido grande aposta das montadoras na conjuntura de mobilidade atual.

Na China, onde a empresa vem perdendo terreno, o Ford Territory EV, um SUV compacto à bateria, será totalmente elétrico e tem previsão de lançamento para 2020. Sua mecânica é similar à do modelo atual, composto por um motor 1.5 turbo de quatro cv e câmbio automático de 6 marchas.

Ford Bronco
Divulgação

Reedição do famoso modelo da década 70, o Ford Bronco virá na versão híbrida plug-in para brigar com Jeep Wrangler

Na versão EV, o Territory deverá receber um motor elétrico com bateria de 120 kW, considerada uma ótima potência para um SUV. Vai concorrer, no mercado chinês, com os SUVs compactos, como o Hyundai Kona Electric e até com modelos médios, como o Audi E-tron e o Tesla Model X.

LEIA MAIS: Esportivo TT e sedã A8 serão os próximos carros elétricos da Audi

A Ford anunciou também a reedição de um ícone dos anos 70 e 80: o Ford Bronco, agora híbrido. As especificações finais ainda não estão confirmadas pela montadora e seu principal concorrente deve ser o Jeep Wrangler.

No entanto, sabe-se que o Ford Bronco terá uma carroceria alongada e será vendido exclusivamente como híbrido. Para os amantes de aventura off-road, já é certo também que o utilitário fará uso de um inédito câmbio manual de 7 marchas, além de uma versão mais confortável com caixa automática de 10 marchas.

Ford Explorer
Divulgação

O Explorer, um SUV grande, já foi apresentado para a imprensa e chega ao mercado mundial em 2020

Entre os SUVs grandes, o Ford Explorer também estará disponível como híbrido plug-in para os Estados Unidos e Europa e poderá ser uma opção para outros mercados, inclusive o Brasil. Também já foi anunciado o híbrido Escape, um SUV médio, que poderá chegar ao mercado brasileiro para substituir o EcoSport.

LEIA MAIS: Jeep Renegade e Compass entrarão para lista dos carros híbridos plug-in

Na mesma seara, a Ford divulgou a primeira imagem de um crossover elétrico baseado no Mustang. Com ele, quer apresentar um concorrente à altura do Tesla Model Y. O modelo elétrico vai contar com a tecnologia da Rivian, startup concorrente da Tesla e recentemente incorporada pela Ford.

Mustang
Divulgação

A Ford divulgou a primeira imagem escurecida do crossover Mustang, um modelo de luxo para competir com o Tesla Y

Para 2020, a marca já confirmou uma versão híbrida do Mustang na categoria de carros de desempenho. Agora um carro híbrido plug in, deve ter o potencial de desempenho similar ao atual V8 com transmissão de 10 velocidades. Ou seja, cerca de 500 cv na versão GT e 700 cv na Shelby.

Carro mais vendido dos EUA

Ford F-150
Divulgação

A F.150 será a primeira picape híbrida da Ford e terá um lançamento mundial com as mesmas qualidades

Acha que é só? Não! A Ford terá ainda uma picape híbrida na linha modelo 2020 da F.150. Usará transmissão automática de 10 marchas, como parte de um sistema que ainda permite uma ampla gama de desaceleração do motor e de marcha lenta para não sacrificar sua capacidade de reboque e de transporte do veículo, características fundamentais da F.150.

LEIA MAIS: Todos os carros da Toyota devem se tornar híbridos

O Aviator Hybrid plug-in será grande novidade da Lincoln. Chegará este ano aos Estados Unidos com uma versão de transmissão híbrida modular de grande desempenho e 450 cavalos de potência.

Lincoln Aviator
Divulgação

A Lincoln, marca de luxo da Ford, terão crossover Aviator Hybrid e será vendido na China, Estados Unidos e Europa

Nesse novo cenário automotivo, a Ford considera a eletricidade como um futuro próximo e entende que os híbridos e híbridos plug-in terão preferência em vários mercados do mundo. Ou seja, uma estratégia de curtíssimo prazo para reverter o seu declínio de vendas, com apostas principalmente nos SUVs elétricos e híbridos.

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook