Governador apresenta ações de revitalização do centro histórico de Cuiabá

O governador Pedro Taques apresentou as ações já realizadas e as propostas do Executivo estadual para a revitalização do Centro Histórico de Cuiabá durante sua participação no seminário “Cuiabá mais 300 anos: Uma proposta de Política Pública para a Ocupação Sustentável do Centro Histórico de Cuiabá”, promovido pelo Instituto Teotônio Vilela de Mato Grosso (ITV/MT), nesta segunda-feira (03.04).

Na oportunidade, Taques destacou a reforma do Palácio da Instrução, assim como a do Cine Teatro. “Nós reformamos o Palácio da Instrução. Foi uma reforma conjuntural para que nós tivéssemos a Bienal de São Paulo, visitada por nove mil alunos, e agora nós teremos este ano novamente a Bienal de São Paulo e também uma grande exposição do Santos Dumont. Nosso sonho é misturar a cultura , a arte mato-grossense com o que vem de fora. A ideia é que nós possamos mostrar e fazer esta miscigenação”.

Ele anunciou outras propostas, como a criação do Centro de Economia Criativa no Grande Hotel de Cuiabá, a transferência da biblioteca Estevão de Mendonça e a criação da Escola de Arte. “A biblioteca estará localizada na Comandante Costa, esquina com a Voluntario da Pátria. O projeto já está pronto, destinamos R$ 3 milhões para começar esta obra. A nossa ideia é também subir a Getúlio Vargas e chegar ao Arquivo Público, em frente ao Arquivo Público nós temos o primeiro Tribunal de Júri do estado de Mato Grosso. Já estamos conversando com o Desembargador Rui Ramos para que ali seja a Escola Livre de Arte. A ideia é criarmos este importante corredor para revitalizar o centro da cidade”, afirmou o governador.

Segundo o chefe do Executivo, é preciso aproximar o cidadão e mostrar a importância cultural deste município que é a capital de todos os mato-grossenses. Para isso, neste mês de abril o governador irá transferir seu gabinete e irá trabalhar durante um dia na casa dos governadores. “Vamos começar a despachar pelo menos uma vez por mês na casa dos governadores e também faremos algumas recepções ali, assim nós levemos o cidadão para o centro da cidade”, informou Pedro Taques.

Outra ação anunciada foi o lançamento do projeto “O grande rio Cuiabá” que irá tratar da retomada da navegabilidade do rio. “Nós vamos abraçar o rio Cuiabá com a navegação de 16 quilômetros. Este projeto é muito importante, porque cidades históricas estão voltadas para o rio, mas Cuiabá ainda esta de costas para o rio. A ideia é propiciar a navegação desde Bonsucesso, passando por São Gonçalo Beira Rio, chegando até a Passagem da Conceição”.

Encerrando sua participação no evento, Pedro Taques, registrou apoio a esta iniciativa do ITV/MT e afirmou que tem trabalhado junto às instituições, a sociedade civil organizada e a prefeitura para a recuperação do Centro Histórico do município. “A ideia é que o Estado possa estar junto com a sociedade civil organizada, com o município de Cuiabá para que nós possamos comemorar os 300 anos em 2019”, disse.

O presidente do ITV/MT, Carlos Antônio de Borges Garcia, apontou a importância deste trabalho em conjunto com o Estado para o crescimento e valorização da cultura cuiabana. “O que nós queremos é isso aqui , a interação da sociedade , com a prefeitura , com o governo do estado. Acreditamos governador que o senhor  junto com a prefeitura, junto com as instituições , possa trabalhar para uma Cuiabá melhor.” Afirmou o presidente.

ITV/MT

O Instituto Teotônio Vilela de Mato Grosso (ITV/MT) quer resgatar o Centro Histórico de Cuiabá por meio da educação cultural e para isso promoveu o seminário “Cuiabá mais 300 anos: Uma proposta de Politica Pública para a Ocupação Sustentável do Centro Histórico de Cuiabá”, um inicio das comemorações que acontecem em 2019.    

Comentários Facebook