Jean Todt: “Vi o Grande Prêmio do Brasil na Suíça com Michael Schumacher”


O presidente da FIA, Jean Todt, é um grande amigo de Michael Schumacher
Divulgação

O presidente da FIA, Jean Todt, é um grande amigo de Michael Schumacher

O presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), Jean Todt, revelou nesta quinta-feira (06) que assistiu pela televisão o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1, no dia 11 de novembro, na companhia do ex-piloto Michael Schumacher.

Leia também: Jean Todt: “Vi o Grande Prêmio do Brasil na Suíça com Schumacher”

Em entrevista ao jornal “Auto Bild”, Todt, que foi o chefe de Schumacher quando o heptacampeão de F1 corria pela Ferrari, não deu muitos detalhes sobre o encontro, mas admitiu que visita regularmente o ex-piloto em sua residência em Gland, na Suíça.

“Eu sou sempre cauteloso quando digo alguma coisa, mas é verdade que eu vi o Grande Prêmio do Brasil de 2018 na Suíça com Michael Schumacher”, revelou Jean Todt .

Na entrevista, Todt não deu detalhes sobre o atual estado de saúde do alemão, informação que é mantida sob sigilo absoluto pela família de Schumacher desde que o heptacampeão sofreu um grave acidente de esqui em 2013. No entanto, o presidente da FIA confessou estar “frustrado” com o excesso de intervalos comerciais na televisão durante a corrida.

Leia também: Família de Schumacher divulga entrevista inédita do piloto antes do acidente

“Eu entendo que as emissoras privadas financiam sua cobertura dessa maneira e que o procedimento está em conformidade com a lei, mas queria uma daquelas janelas no canto da tela para evitar perder a corrida”, afirmou Todt.

O ex-chefe da Ferrari também elogiou jornalistas e comentaristas da transmissão, chamando-os de “muito competentes” e acrescentou que tenta não “criticá-los”, pois sabe que é um “trabalho difícil”.

Leia também: Ayrton Senna não estava feliz com sua vida e bastante chateado com Schumacher

Schumacher sofreu em dezembro de 2013 um grave acidente enquanto esquiava em uma pista em Méribel, no sul da França. Ele caiu e bateu a cabeça em uma rocha e, desde então, lida com as sequelas da colisão. De acordo com o arcebispo alemão Georg Gänswein, que visitou o ex-piloto em 2016, Schumacher está em estado vegetativo e “apenas sente as pessoas ao seu redor”.


Clique e baixe o 365Scores para ter resultados, dados, notícias, tempo real, vídeos e muito mais

Comentários Facebook