Mil crianças participam de ação em comemoração ao Dia das Crianças

Ação de Dia das Crianças (Foto: Karen Malagoli/ALMT)

A semana das crianças começou diferentes para cerca de mil estudantes de Cuiabá e Várzea Grande. Crianças com idades entre cinco e 12 anos puderam conhecer o Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros e prestigiaram apresentações de estórias infantis, musicais e de filmes. A iniciativa da Sala da Mulher e do comitê gestor do Teatro tem o intuito de aproximar as crianças da arte e, ao mesmo tempo, trazer para conhecer a Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT).

Durante a manhã, a programação foi montada para atender os pequenos, com idades entre cinco e oito anos, com apresentação de estórias infantis, brincadeiras com palhaços distribuição de lanches. No período da tarde, uma mostra de curtas metragens educativos e apresentações de danças de Siriri e de Hip Hop foram as atrações para crianças com até 12 anos. Ao final do dia, elas ganharam um cup cake (pequeno bolo) e ainda levaram balões para casa.

Rian Carlos Pereira, 9, conheceu pela primeira vez o Teatro Zulmira Canavarros e a apresentação dos curtos foi o que mais ele curtiu. “Eu gostei de tudo, do bolinho, da pipoca, mas principalmente do filme”. Rian Carlos estuda na escola municipal Aristotelino Alves Pereira em Cuiabá.

A gestora do Teatro do Cerrado, Daniella Paula, conta que o projeto envolveu estudantes da rede municipal de Cuiabá e de Várzea Grande e criança que participação de associações de bairros ou programas sociais. Em Várzea Grande, a Secretaria Municipal de Educação inscreveu os participantes e providenciou o transporte. Já em Cuiabá, as escolas se inscreveram independentemente e a Assembleia disponibilizou o traslado das crianças.

“Desde o início da atual gestão da Mesa Diretora, as ações da Sala da Mulher e do Teatro Zulmira Canavarros têm o propósito de aproximar todas as atividades e a própria Assembleia da população. A intenção é trazer as pessoas para dentro da Casa de Leis e, ao mesmo tempo, viabilizar o acesso à cultura”, explica Daniella Paula.

As colegas Nataly Ranieri, 9, e Samara Alves, 9, também aproveitaram a oportunidade e, principalmente o filme. “O mais legal foi o final do filme. Nossa, adorei”, Samara Alves.

 

Fonte: AL MT

Comentários Facebook