MPE requer realização de Auditoria de Segurança Viária na Rodovia Mário Andreazza

O elevado número de acidentes automobilísticos na Rodovia Mário Andreazza, em Várzea Grande, levou o Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por meio da 6ª Promotoria de Justiça Cível do município, a requerer realização de Auditoria de Segurança Viária (ASV) no local. A solicitação foi encaminhada à Secretaria de Estado de Infraestrutura.

O promotor de Justiça Marcelo Lucindo Araújo destaca que somente no ano passado foram registrados 122 acidentes na referida rodovia e que a maioria deles foi causada por falta de adequação da via às condições de tráfego. “Temos na Promotoria de Justiça procedimento instaurado para investigar o elevado número de acidentes automobilísticos na Mário Andreazza. A Auditoria de Segurança Viária (ASV) trará informações imprescindíveis para a solução da demanda”, ressaltou o promotor de Justiça.

Ele explicou que a Auditoria de Segurança Viária é uma nova técnica que pode contribuir significativamente para a redução dos acidentes de trânsito, onde há a incidência (predominante ou não) de fatores atribuídos à via. A metodologia está mais relacionada à obtenção da máxima segurança, podendo ser aplicada em qualquer etapa de existência de uma via, desde o seu estudo de viabilidade até a sua operação e manutenção.

“Os exemplos de outros países demonstram que a adoção da Auditoria de Segurança Viária pode proporcionar enormes benefícios à sociedade, seja pela prevenção e redução dos acidentes, seja pela economia dos recursos hoje utilizados pela correção de deficiências viárias”, observou o promotor de Justiça.

Comentários Facebook