Nando Reis se apresenta em Cuiabá neste sábado

Dono de um estilo inconfundível, Nando Reis chega a Cuiabá neste sábado (18), reunindo seus dois públicos. O que o admira desde os tempos do Titãs e o que conquistou a partir da saída da antológica banda, no início dos anos 2000. Na bagagem, as músicas do disco Jardim-Pomar, indicado ao Grammy em duas categorias – e outras canções que trouxe consigo depois de várias temporadas como titã.

 

O show realizado pela Level Company será na Musiva, que abrirá às 23h. Ingressos à venda na Chilli Beans do Pantanal Shopping e pelo link www.techtickets.com.br/nandoreis.

 

Nando Reis vive ao certo, um dos momentos mais produtivos de sua carreira com disco e shows conceituais, que ressaltam primor na produção, sonoridade ímpar e forte presença de palco.

 

Ele celebra em Cuiabá, um ano do lançamento de Jardim-Pomar, indicado no Grammy como Melhor álbum de rock ou música alternativa em língua portuguesa, e com a canção “Só posso dizer”, indicada como Melhor canção de língua portuguesa. Mas no show, o público confere ainda, sucessos da carreira, como “Sou Dela”, “All Star”, “O Segundo Sol”, “Relicário” e outros dos tempos do Titãs: “Os Cegos do Castelo”, “Não Vou Me Adaptar” e “Marvin”.

 

Nando Reis explica, que o disco completa um ano, porém, é um projeto que começou muito antes. “Costumo dizer que um disco começa quando o outro termina. Gosto de fazer discos”. E o resultado de tanta produtividade e dedicação, ao certo, são hits que povoam as rádios e corações de todo o Brasil. Metade do disco foi produzido em Seattle e a outra, em São Paulo.

 

“É um ótimo exercício o pensamento musical. Quando sai dos Titãs, foi uma busca orientada por criar uma sonoridade e a banda, pode ser uma depuração dessa linguagem”, explica. Daí, os músicos [os Infernais] contribuírem bastante. Foram várias pessoas que passaram pela banda e que de certa forma, colaboravam com esta construção timbrística.

 

Ele conta que em Seattle, Jack Dino, o produtor do primeiro disco do Nirvana foi quem o orientou. “O conheci em 1993, quando ele produziu Titanomaquia, dos Titãs. E desde então, nos tornamos amigos”. A outra metade, foi produzida em São Paulo, por Barret Martin, baterista das influentes bandas Screaming e Mad Season.

 

Nando contou com outras colaborações importantes, como os amigos do Titãs, Paulo Miklos, Branco, Arnaldo e Britto, além de Pitty, Luiza Possi, Tulipa Ruis, 2 Reis (os filhos Teodoro e Sebastião), além de Zoé, ao lado do pai em Azul de Presunto. O guitarrista do Pearl Jam, Mike McCready, do Pearl Jam e o guitarrista do REM, Peter Buck.

 

“É um disco feito por gente. E isso precisa ser dito. Com essa loucura de música digital, não tem mais créditos. As músicas são baixadas, não tem autor, não tem quem tocou. Sou músico, gosto de saber quem são os autores de um trabalho, quem tocou, quais instrumentos. É importante saber de tudo isso para ter uma compreensão do trabalho”.

 

O Show

 

O espaço cênico foi montado com transparências que se sobrepõem, imagens em movimento e um projeto de luz que cria um jogo entre as imagens, as músicas e a plateia.

 

Durante o show, o público também vai ouvir sons pré-gravados (conversas, vozes, sons mecânicos, rotina, cotidiano, passos e bastidores) que dialogam com a performance de Nando e sua banda.

 

Em Cuiabá, o show é apresentado pelo Pantanal Shopping e conta como parceiros, a Unimed Cuiabá, Caixa de Assistência dos Advogados (CAA-MT), Federação dos Servidores Públicos Estaduais de MT, Cielo, Mestre Dalma e Golden Tulip. 

 

Além dos benefícios de meia-entrada previstos por lei, servidores públicos estaduais, cientes, funcionários e cooperados da Unimed e associados da Caixa de Assistência dos Advogados de Mato Grosso contam com 50% de desconto sobre o valor dos ingressos inteiros para pista.

 

Ações da Turnê

 

Nando Reis preparou duas ações especiais para a turnê do CD “jardim-pomar”. A primeira delas tem muito a ver com o nome do disco e a preocupação com o meio-ambiente, que permeia os pensamentos do cantor. A ideia é distribuir ao público dos shows sementes de árvores nativas de cada bioma do país. Com isso, Nando quer criar a consciência ambiental e alertar para a importância de se preservar e plantar.

 

A campanha será feita para um bioma de cada região do país, tais quais Mata Atlântica, Caatinga e Cerrado, no caso de Cuiabá, com a doação de sementes de espécies nativas. O projeto tem parceria com Nik Sabey, ambientalista que atua com o resgate da biodiversidade local, através da iniciativa “Novas Árvores por Aí” que organiza e promove plantios coletivos de árvores nativas.

 

A segunda ação será o lançamento dos discos ao vivo durante a turnê. Em parceria com a ONErpm, o cantor lançará um álbum por show para que os fãs possam acompanhar cada apresentação da turnê. Cada lançamento estará disponível em todas as plataformas digitais de Nando Reis, alguns dias após a realização do show.

 

SERVIÇO

Show Nando Reis – “jardim-pomar”

Local: Musiva

Data: 18 de novembro

Horário: 23 horas

Preço: Ingressos 1º lote por R$ 60 (meia-entrada/pista). Disponíveis para venda também, os setores de bistrô e camarote. Estão à venda no site Tech Tickets: www.techtickets.com.br/nandoreis e loja Chilli Beans do Pantanal Shopping

Informações: 98120-6483 (WhatsApp)
Classificação: 18 anos

Comentários Facebook