Planejamento estratégico da Saúde Pública para 2018/2021 prevê retomada de obras

Pellentesque erat arcu
O SUS é construído é conduzido de forma tripartite, onde os serviços são pactuados, afirmou a prefeita

“No âmbito do SUS, resgatar ou construir a cultura de planejamento é ao mesmo tempo um avanço e desafio. Um avanço porque cada dia mais o planejamento é reconhecido no SUS como importante ferramenta de gestão, e um desafio porque planejamento envolve a consolidação de uma cultura que exige mobilização, engajamento e decisão de gestores e profissionais”, disse o secretário municipal de Diógenes Marcondes, na abertura oficial da 6ª Oficina ‘Avançar o SUS em Várzea Grande, onde está sendo discutido o Plano Municipal de Saúde para o quadriênio 2018/2021.

A prefeita Lucimar Campos disse que para se fazer uma boa Gestão Administrativa Pública, é necessário primeiro planejar. E neste dia todos os dirigentes da Rede SUS do município estão engajados no Planejamento da Saúde Pública para os próximos 4 anos. “O planejamento da saúde representa um esforço das 3 esferas de governo para contribuir com o aperfeiçoamento permanente da gestão e, portanto, para a qualidade de vida das pessoas, mediante a prestação de serviços de saúde oportunos, resolutivos e humanizados. O SUS é financiado pelas três esferas de Governo, onde se oferta serviços das atenções terciária, secundária e primária. Por exemplo, o Governo Federal financia serviços de alta complexidade bem como o governo de Estado ajuda na manutenção de outros serviços. O SUS é construído e conduzido de forma tripartite, onde os serviços são pactuados”.

A prefeita alencou ainda as prioridades que terão que ser executadas na pasta da Saúde ainda no ano de 2017, como a abertura do serviço do Centro de Imagem, a implantação de ambulatório de feridas na rede básica, a implementação do Centro de Reabilitação, clínica de atenção primária do Jardim Glória, reforma e ampliação do Centro de Controle de Zoonoses e a entrega das obras da Clínica Odontológica da região central. “Todas essas ações já planejadas serão executadas com responsabilidade e dentro da previsão orçamentário do ano vigente”.

O secretário Diógenes disse ainda que todo esse processo faz parte do programa estratégico desenvolvido pelas equipes de gestão da Saúde. “O planejamento na Saúde Pública é necessário pela evolução tecnológica que a área exige. São investimentos altos e os recursos são poucos, daí da importância de planejar a aplicação do orçamento da Saúde para alcançar o maior número de pessoas com atendimento na Rede SUS”.

O Plano de Investimento para o período de 2018 a 2021 já tem o traçado de implantação, implementação e melhoramento de serviços, a exemplo, a construção da Unidade de Pronto de Atendimento 24 horas – UPA Cristo Rei, a instalação do Hospital e Maternidade Infantil e unidades odontológicas nas policlínicas do Parque do Lago, Cristo Rei, Jardim Glória, Marajora e 24 de dezembro, fora a retomada da construção de sete Unidades de Saúde da Família, obras essas que encontravam paralisadas e deixadas por gestores anteriores.

“A Saúde pública visa também a capacitação do profissional e para tanto foi estabelecido parcerias com as universidades Federal de Mato Grosso e Centro Universitário Univag para qualificar os nossos servidores e estágios na Rede de serviços do SUS de Várzea Grande”.

O reitor da Univag, Dráuzio Antônio Medeiros, presente no evento disse que as parcerias que o Centro estabelece com a Saúde Pública fortalece as instituições e ajudam na construção e fortalecimento do SUS no município. “A Prefeitura está concluindo a reforma geral do Pronto-Socorro, o Univag entra com uma importante parceria na Rede Cegonha com a cessão de equipamentos e no incremento de políticas públicas e no atendimento humanizado entramos com os nossos alunos no aprendizado dos profissionais da área de ciências biológicas”, completou.

A prefeita anunciou no evento que ao término das obras da Rede Cegonha a ala ganhou junto aos seus parceiros, por parte dos Governos Estadual e Federal e do Univag, todos os equipamentos necessários para o pleno funcionamento da Rede Cegonha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here