Prefeito Emanuel Pinheiro retoma obras em quatro unidades da rede municipal de educação

A Prefeitura de Cuiabá irá retomar quatro obras em diferentes unidades da rede municipal de educação. As ordens de serviço para o prosseguimento foram assinadas pelo prefeito Emanuel Pinheiro durante a terceira reunião gerencial, realizada no auditório Maestro China, da Secretaria Municipal de Educação, com a presença de diretores e coordenadores de todas as escolas municipais.

Paralisadas desde 2015 e 2016, serão retomadas as obras remanescentes das quadras cobertas com vestiários das Escolas Municipais de Educação Básica (EMEB) Tereza de Benguela, no valor de R$ 333.410,61, e Moacyr Gratidiano Dorilêo, no valor de R$ 380.774,38, ambas com prazos de conclusão de 270 dias.

Também será retomada a reforma total da EMEB José Torquato da Silva, no valor de R$ 1.961.169,16 e a construção da EMEB Hilda Caetano, no valor de R$ 1,4 milhões, as duas com prazos de conclusão de 330 dias.

Na EMEB Hilda Caetano, a empresa responsável já está se mobilizando para dar inicio efetivo às obras em 20 dias. Para não prejudicar o ano letivo, serão construídas cinco salas móveis, que irão abrigar os alunos durante o período de trabalho.

Futuro  

Na reunião o prefeito falou sobre os avanços da Educação, em 1 ano e meio de gestão, e os planos para o futuro.

Até o ano que vem, quando Cuiabá completará 300  anos, Emanuel Pinheiro pretende lançar o programa “Climatizar para Humanizar”, que prevê a instalação de 300 novos aparelhos de ares-condicionados em 300 salas de aulas, ampliando de 30% para 70% as unidades escolares da Capital climatizadas.

Também estão nos planos do Executivo, para este ano, as conclusões das obras dos CMEI localizados no CPA III  e no bairro Recanto do Sol, ambos com capacidade para 240 alunos, além das EMEBC Benedita Xavier, no Distrito da Guia, e Nossa Senhora Penha de França, no Coxipó do Ouro.

Em setembro deste ano, devem ser iniciadas as construções de três novos CMEI’s, nos bairros Dr. Fábio, Bela Vista e Altos do Parque, atualmente em fase final do processo de licitação. Com capacidade para 240 alunos, elas fazem parte de um pacote de seis unidades cujas licitações encontravam-se paradas desde 2015.

“A retomada de obras paralisadas e a construção de novas unidades, além da execução de outras ações e programas nas áreas pedagógica, como o ‘Escola da Inteligência’, ou de estrutura física, como a readequação das coberturas de 66 escolas, cujo processo de licitação se encontra em fase final, com previsão de início das obras no final do ano, são compromissos assumidos pelo prefeito Emanuel Pinheiro, no início da sua gestão. Essas iniciativas estão transformando a Educação para que Cuiabá, nos seus 300 anos, possa avançar ainda mais na qualidade do ensino e em melhores condições físicas para nossos alunos e professores”, disse o secretário municipal de Educação, Alex Vieira Passos.

 

 

 

 

 

Comentários Facebook