Revitalização do Morro da Luz será tema de audiência pública na Câmara de Cuiabá

class=”olho”>RÁDIO CÂMARA MUNICIPAL DE CUIABÁ
11/06/2019
Revitalização do Morro da Luz será tema de audiência pública na Câmara de Cuiabá
O Parque Antônio Pires de Campos, mais conhecido como “Morro da Luz” será tema de audiência pública na Câmara Municipal de Cuiabá. O requerimento para realização do debate foi apresentado pelo vereador Dilemário Alencar (Pros) e provado na sessão plenária desta terça-feira (11).
A intenção é de promover uma grande discussão junto ao Poder Público e a sociedade civil sobre a situação que se encontra o Morro da Luz, bem como a importância de sua revitalização para o uso da população.
Com uma área verde de aproximadamente seis hectares, a praça, que possui pequenas trilhas e uma escadaria com 115 degraus, encontra-se abandonada, sendo utilizada como abrigo para moradores de rua e usuários de drogas.
Para Dilemário, o local pode voltar a ser um ponto turístico da Capital se passar por uma revitalização. “Poucas cidades brasileiras têm o privilégio de ter, em pleno centro da cidade, um espaço público de relevante caráter ambiental como é o Morro da Luz. Trata-se de uma área verde localizada no ‘Coração’ de Cuiabá, cuja história se mistura com a fundação da cidade”, pontuou o vereador.
A praça foi tombada como Patrimônio Histórico Municipal por meio do Decreto Lei nº 970 de dezembro de 1983. A última revitalização realizada no local foi há 20 anos.
“O Morro da Luz faz parte da nossa história, cujo valor é inestimável à sociedade cuiabana. Daí a necessidade da audiência pública para debater junto ao Poder Público, Defensoria, Ministério Público, comerciantes e toda a sociedade cuiabana, a necessidade de preservação e revitalização do Parque. A nossa justa reivindicação é para que o Morro da Luz se transforme em um novo cartão-postal da nossa cidade, trazendo nova vida para o Centro Histórico de Cuiabá”, finalizou.

Kamila Arruda | Câmara Municipal de Cuiabá

Imprimir Voltar Compartilhar:  

</div

http://www.urgentenews.com.br/wp-content/uploads/2018/01/image-4-1.jpg
Fonte: Câmara de Cuiabá
Comentários Facebook