SÃO PAULO

O São Paulo de sempre teve grandes formações de equipes nas disputas que buscava vitórias. Me lembro bem, porquê estive na época, atuando contra as “Feras” pelo Paulista de Jundiaí. Como exemplo, Zé Sérgio e Zé Carlos Serrão disputavam acirradamente a camisa 11. Zé Sérgio com dribles e velocidade e, Serrão, tecnicamente, um dos melhores do Brasil pela sua habilidade, davam tranquilidade e, ao mesmo tempo, dor de cabeça ao treinador Rubens Minelli na hora da definição do time titular. Gostei muito também do time que conquistou o título estadual em 1971, onde Gerson, “O Canhotinha de Ouro” era a estrela maior. Como jogava aquele time e, mesmo não sendo são-paulinho, gostava de ver o time jogar. Zé Pulula da Silva, o Lula.

Comentários Facebook