Secretaria divulga balanço do Projeto Peixe Santo 2018

Cerca de 120 toneladas de pescado foram comercializadas durante os três dias do projeto Peixe Santo. O levantamento foi divulgado nesta sexta-feira (06), pela Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico.

O projeto realizado em 30 pontos da cidade proporciona condições para que a maioria da população cuiabana possa adquirir peixes frescos a preços acessíveis durante a Semana Santa. O tema deste ano foi ““Xômano! Nosso peixe é digoreste, fresco e gostoso!”.

Este número é inferior ao atingido ano passado, quando foram vendidas 140 toneladas, mas ainda pode ser considerado positivo, conforme explicou o secretário de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Vinicyus Hugueney.

“Este resultado se deve ao menor número de vendedores e piscicultores participantes do projeto este ano. No ano passado que foram 100 e este ano 85 participaram. Isso ocorreu devido a algumas mudanças nos pré requisitos levando alguns vendedores e piscicultores a não conseguiram solucioná-las em tempo hábil. Ano que vem, acredito que tudo volte ao normal e, consigamos superar a nossa meta. Porém, apesar da diminuição do número de comerciantes, obtivemos um índice positivo”, esclarece o secretário.

A concentração de clientes foi maior nos bairros Pedra 90 (Região Sul), Morada do Ouro e CPA (Região Norte), Praça 8 de Abril (Centro), Jardim Imperial ( Região Leste) e Porto (Região Oeste). A espécie mais vendida foi o tambatinga.

O peixe de couro foi vendido a R$ 19,00 o quilo. O peixe redondo, como o Pacu e a Tambatinga, foram vendidos a R$ 12,50 o quilo com espinhas e limpo e sem espinhas a R$ 14,00 o quilo.  

Este ano cada regional contou com o apoio de equipes multifuncionais, composta por dois Policiais Militares, um Fiscal da Vigilância Sanitária, um Fiscal da Ordem Pública, além da parceria da Secretaria de Assistência Social e Desenvolvimento Humano que forneceram as indicações para que o pescado fosse doado.

Foram doadas às entidades e familílias de baixa renda 600 quilos de pescado. Entre as entidades beneficiadas estão a APAE e a Sociedade Pestalozzi.

 

Comentários Facebook