5 erros nos cuidados com a pele que podem piorar as espinhas

source

Você costuma ter espinhas que sempre “voltam”? Além de motivos como estresse e alimentação, principalmente em quem já tem pele oleosa, a forma como você cuida da sua pele também pode ser a explicação do por quê você nunca consegue se livrar da acne. 

Leia também: Como aparecem e como tratar as espinhas que são causadas por estresse?

mulher com espinhas no rosto se olhando no espelho arrow-options
shutterstock

A forma como você cuida da sua pele, com produtos, por exemplo, pode influenciar o aparecimento de espinhas

Mas, afinal, quais são esses cuidados que fazem as espinhas aparecerem? Paola Pomerantzeff, dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, destaca os cinco piores erros que podem favorecer o agravamento do quadro acneico. Confira:

1. Utilizar produtos antiacne apenas quando as espinhas aparecem

Quem sofre com acne sabe que, em alguns dias, as espinhas estão melhores e, em outros, elas pioram de novo. Apesar disso, é essencial que o uso de produtos indicados seja contínuo para proporcionar os melhores resultados, independentemente da presença ou não de espinhas, devendo ser parado apenas sob orientação do dermatologista.

“Isso porque é mais eficaz usar um produto menos agressivo todos os dias para controlar o quadro acneico do que tratar as espinhas apenas quando elas aparecem. O tratamento diário também minimiza a irritação da pele”, afirma a especialista.

Outra dica da profissional é não aplicar o produto apenas onde há acne , mas no rosto todo, pois as substâncias secativas também podem ajudar a prevenir o surgimento de novas espinhas. 

2. Abusar das concentrações dos produtos

O peróxido de benzoíla, um ativo antibacteriano que tem como alvo as bactérias que causam acne e a inflamação, é um conhecido e eficaz ingrediente para o tratamento da acne. Porém, não adianta utilizar grandes concentrações da substância para aumentar sua eficácia.

Na verdade, o peróxido de benzoíla mata as bactérias causadoras da acne mesmo em níveis baixos e estudos mostram que altas quantidades da substância são mais irritantes e não mais efetivas. “Por isso, siga corretamente as indicações de uso de seu dermatologista”, explica.

Leia também: Espremi, e agora? 4 dicas fáceis para evitar manchas de espinhas na pele

3. Acreditar em todas as dicas que aparecem na internet

Pasta de dente, cola, colírio, entre diversas outras técnicas que prometem ajudar a dar fim à acne são receitas caseiras que tendem a piorar sua pele e agravar ainda mais o quadro acneico.

“Sabores como mentol ou canela em creme dental, por exemplo, são super irritantes e podem até causar uma queimadura química leve na pele. Por isso, evite seguir dicas que você encontra pela internet, respeitando sempre as orientações do seu dermatologista”, alerta a médica.

4. Lavar o rosto muito rápido

É comum a reclamação de que sabonetes com ingredientes antiacne, como ácido salicílico e extratos vegetais, não fazem efeito na pele. Porém, na maior parte das vezes, o problema não está no produto e sim no modo como realizamos a higiene de nossa pele.

“Os limpadores faciais precisam de tempo de contato na pele para começar a fazer efeito. Por isso, não adianta aplicar o sabonete em sua face apenas por alguns segundos. O ideal é massagear o sabonete na pele, contar até 30 e só então enxaguar o rosto”, diz a especialista.

5. Não usar hidratante

A acne tende a surgir principalmente em peles oleosas , o que faz com que grande parte das pessoas que possuem acne e pele oleosa parem de utilizar hidratantes na tentativa de evitar a oleosidade. Porém, o que poucos sabem é que óleo e água na pele são questões separadas.

“Você pode ter pele oleosa e propensa à acne, mas ainda não ter hidratação adequada, o que estimula o organismo a produzir mais óleo, piorando ainda mais o quadro acneico. Por isso, se você possui a pele oleosa, é necessário dosar a quantidade de água e óleo na pele, utilizando preferencialmente um hidratante oil-free”, acrescenta. 

Leia também: Como evitar espinhas? 5 hábitos simples da sua rotina podem te ajudar

Por fim, a dermatologista ressalta que o mais importante para dar fim à acne é consultar um dermatologista, já que apenas ele poderá realizar uma avaliação de seu rosto a fim de indicar os melhores produtos e tratamentos para manter a saúde da pele.

Fonte: IG Mulher
Comentários Facebook