7 morrem por falta de oxigênio em Coari-AM após atraso na chegada de cilindros


source
Cilindros de oxigênio
Ministério da Saúde/Divulgação

De acordo com nota da prefeitura de Coari, falta de planejamento prejudicou distribuição dos cilindros

A prefeitura da cidade de Coari, no interior do Amazonas, confirmou a morte de sete pacientes por falta de oxigênio. Os óbitos, registrados nesta terça-feira (19), ocorreram no Hospital Regional da cidade. Em nota, a prefeitura diz que a cidade deveria ter recebido 40 cilindros do insumo na segunda-feira (18).

O atraso na chegada dos cilindros, informa a prefeitura – que culá a falta de planejamento da Secretaria estadual de Saúde – ocorreu após a aeronave que levaria o oxigênio ser impossibilitada de retornar de outra cidade do interior, Tefé, cujo aeroporto não aceitava voos noturnos.

Há pelo menos uma semana, diversas cidades do Amazonas vivem o colapso no sistema de saúde, causado pelo aumento no número de casos da Covid-19 e falta de cilindros de oxigênio disponíveis para tratar os casos. Diante da crise, pacientes foram transferidos para outros estados.

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook