Acusado de assassinato é preso cultivando maconha em casa

Policiais da 2ª Companhia de Polícia Comunitária do Parque Cuiabá prenderam, na tarde desta quarta-feira (17.08), R.E.S.S., de 24 anos, e descobriram uma pequena plantação de maconha no fundo da residência dele, no Jardim Mossoró, região do Coxipó, em Cuiabá. O plantio foi feito entre pés de tomate em uma pequena horta.

Uma equipe da Agência de Inteligência (ALI) do 24º Batalhão da Polícia Militar (PM-MT) monitorava suspeitos de roubos ocorridos na região. Durante a abordagem a dois rapazes supostamente envolvimentos com assaltos, os policiais acabaram encontrando o cultivo de maconha.

Além de investigado por assaltos, o acusado tinha um mandado de prisão em aberto. Ele está denunciado como réu em um homicídio ocorrido em 2011, cuja vítima, assim como ele, seria usuária de droga.

Maconha

Essa é a quarta vez este ano que a Polícia Militar localiza plantações domésticas de maconha. No mês de maio, em Sorriso, um adolescente de 16 anos foi apreendido por plantar a erva proibida.

Já em Sinop, foram duas ocorrências de prisões por cultivo de maconha. Também em maio, a PM fez duas apreensões de pés da droga. Em uma das ocorrências, além de cinco vasos, cada um com uma planta, os policiais apreenderam pasta base e maconha. 

Comentários Facebook