Aos 93 anos, ex-governador Frederico Campos morre por complicações da Covid19


Marcus Mesquita

Clique para ampliar

“Lamentavelmente, a Covid19 ainda permanece ceifando vidas, encurtando sonhos e deixando amigos e familiares em desespero. Neste domingo, 28 de fevereiro, o ex-governador, o ex-prefeito por duas vezes de nossa amada capital nos deixou. Morre, Frederico Carlos Soares Campos, aos 93 anos, mas seu histórico de amor e de luta por nossa terra, jamais”. A declaração é do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, diante de mais um luto em razão do novo coronavirus. O prefeito de Cuiabá relembra que Campos dedicou mais de 50 anos ao trabalho na vida pública.

Frederico estava internado com coronavírus em um hospital particular desde o dia 20 de fevereiro em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ele chegou a ser vacinado contra a Covid no dia 13 de fevereiro, mas em decorrência da idade avançada, foi internado para acompanhamento médico já que seu estado de saúde inspirava cuidados, e não recebeu a segunda dose da vacina.

Em 2020,  Frederico Campos participou da campanha à reeleição do prefeito Emanuel Pinhheiro. Ele fez gravou trecho de um programa eleitoral e declarou que sempre viu em Pinheiro a liderança que a capital precisava para projetar Mato Grosso e o Brasil para o exterior. “Cuiabá é um polo, uma capital para desenvolvimento ao Oeste, que vai de encontro com a Bolívia, com a Argentina, com outros lugares da América Latina. Então, temos muito ainda pra desenvolver. E ele sabe disso! Tem estrutura e consciência disso”, declarou na época.  

Histórico 

Frederico Campos  foi nomeado prefeito de Cuiabá pelo governador Pedro Pedrossian tendo cumprido o mandato entre 1967 e 1969. Também atuou como secretário de Obras no governo Garcia Neto (1975-1978)  e foi o primeiro indicado ao governador de Mato Grosso em 1978 pelo presidente Ernesto Geisel, sendo o segundo a ocupar o cargo após a divisão do estado determinada por lei. Em 1988, venceu sua primeira eleição direta ao ser eleito prefeito de Cuiabá pelo PFL. Nesse mesmo período, Emanuel Pinheiro era eleito para trabalhar como vereador na Capital por seu primeiro mandato e atuou como líder do Governo na Câmara de Vereadores de Cuiabá. 

 

Comentários Facebook