Após reunião com Pinheiro, TRE abre processo para decidir sobre o plebiscito para escolher o modal de transporte

 

Assessoria

 

Clique para ampliar

Em resposta à solicitação do prefeito Emanuel Pinheiro sobre a realização do plebiscito para a escolha o modal de transporte que atuará na capital, o presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso, desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha instaurou nesta sexta-feira (18) a abertura dos trâmites para a apreciação do Decreto Legislativo nº 21 de 25/05/2021, que trata sobre a convocação da população cuiabana para escolher entre o VLT e o BRT.

Na última segunda-feira (14) o prefeito, o deputado federal Emanuel Pinheiro Neto (Emanuelzinho) e o presidente da Câmara Municipal, vereador Juca do Guaraná se reuniram por videoconferência com o presidente do TRE para defender a realização do plebiscito, alegando ser um ato democrático, uma vez que a população será consultada sobre algo que impactará diretamente no seu dia a dia.

Conforme informações do TRE, no primeiro momento o processo tramitará internamente no Tribunal para a instrução necessária e ao final, será submetido ao Plenário, a quem incumbe aprovar, se for o caso, as instruções complementares para a realização de consulta popular e seu respectivo calendário.

Para Pinheiro, o plebiscito é uma forma de legitimar a participação popular nesta decisão entre VLT ou BRT. “Como todos sabem, sou favorável à implantação do VLT, mas a população é soberana, e é ela quem deve decidir o que é melhor para ela. Estou muito feliz, pois o presidente do TRE, desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha nos ouviu e entendeu a importância da nossa demanda”, concluiu o prefeito.

Comentários Facebook