Assembleia busca excelência em gestão

Reunião de desdobramento do Plano Estratégico de 2012-2016 nos níveis tático e operacionais (Foto: Karen Malagoli/ALMT)

O Planejamento Estratégico da Assembleia Legislativa promoveu na manhã de hoje (4) reuniões com os gestores de cada setor da Casa para divulgar os desdobramentos dos níveis táticos e operacionais do Plano Estratégico referente 2012/2016, que termina em dezembro deste ano. 

As reuniões aconteceram no Instituto Memória, na Sala de Videoconferência e na Secretaria de Controle Interno, e contaram com as participações dos consultores Oziel Barra, Elizabete de Queiróz, Solange Mendes e Ulysses Reiners, que ofereceram treinamento para o início da elaboração do plano referente aos próximos quatro anos.

?O processo gerencial é importante em qualquer setor, e com o apoio dos líderes vamos alcançar nosso objetivo. Estamos fechando o ciclo elaborado por quatro anos, sendo que, nesta etapa, colocamos em prática as melhorias e esforço que cada servidor demonstrou?, avaliou o superintendente do Planejamento Estratégico da Assembleia, Adriano Denardi.

De acordo com a consultora da Fundação de Apoio à Unemat (Faesp), Elisabete de Queiroz, um dos maiores desafios do setor público brasileiro no modelo de excelência em gestão pública é de natureza gerencial e isso fez com que se buscasse um modelo de excelência em gestão focado em resultados.

?Na prática, começamos com a sensibilização dos servidores, envolvendo depois os gestores para que, na segunda etapa, possamos realizar a capacitação deles?, disse ela.

Reunião de desdobramento do Plano Estratégico de 2012-2016 nos níveis tático e operacionais (Foto: Karen Malagoli/ALMT)

Gestão Pública e Excelência – Outro ponto abordado pela consultora está baseado nas metas definidas. Elizabete argumenta que um dos principais objetivos é a busca de transformação gerencial rumo à excelência.

?Esse modelo de excelência em gestão é a representação de um sistema de gestão que visa aumentar a eficiência, a eficácia e a efetividade das ações executadas?, destacou ela.

Para o gerente de material da Secretaria de Patrimônio, Gerson Araújo Oliveira, o desafio da melhoria da gestão pública é um assunto que compete a todas as partes interessadas, sensibilizando também, os gestores da mudança.

?É um trabalho que vai melhorar as tarefas a médio e longo prazo. Em nosso setor, por exemplo, se tiver um plano de trabalho elaborado teremos informações anteriores e também as futuras metas que devemos atingir?, revelou ele. ?Com planejamento você sabe o que consumiu e o que pode atender, evitando o desperdício de materiais?, complementou Oliveira.

Segundo o consultor da empresa contratada que proferiu a palestra de hoje cedo, Oziel Barra, os fundamentos da gestão pública de excelência são valores imprescindíveis para conquistar a excelência.

?Trata-se de um trabalho específico direcionado para gestores, conhecido a partir do momento de que é preciso ser excelente mesmo sendo público?, disse ele.

Também participaram dos treinamentos representantes da Presidência, Sala da Mulher, Coordenadoria de Cerimonial, Teatro, Procuradoria Geral, Ouvidoria, Primeira Secretaria, Secretaria de Controle Interno, Fundo de Assistência Parlamentar (FAP), Insitituto de Seguridade Social dos Servidores do Poder Legislativo (ISSSPL), Consultoria Técnico- Jurídica da Mesa Diretora, Consultoria Legislativa e dos Núcleos da Casa.  

Hoje à tarde, às 14h, o mesmo treinamento será repassado para representantes das seguintes unidades: Secretaria de Comunicação (Secom), TV Assembleia, Coordenadoria de Informática, Secretaria de Serviços Legislativos (SSL), Instituto Memória do Poder Legislativo (IMPL), Secretaria Geral, Coordenadoria Militar, superintendências de Licitação e de Controle de Contratos, Convênios e Documentos Correlatos, Secretariade Gestão de Pessoas (SGP) e Escola do Legislativo. 

Fonte: AL MT
Comentários Facebook