Assistente financeira virtual facilita crédito para nano empresárias

source
Andrezza Rodrigues, fundadora da Her Money
Divulgação

Andrezza Rodrigues, fundadora da Her Money

Contadora de formação, depois de trilhar uma carreira na indústria de Minérios, Andrezza Rodrigues decidiu que iria trabalhar com inovação e colocar em prática tudo o que aprendeu no mercado tradicional. Seu foco: as mulheres microeemprendoras, mas micro mesmo. Em uma pesquisa informal no Instagram, percebeu que havia uma enorme demanda por um produto tecnológico de finanças para esse público. Em 2019, estava criada a Her Money, que se comporta como uma assistente financeira virtual.

Essas micro empreendedoras costumam ter muita dificuldade em gerenciar os negócios, quanto ganham, quanto gastam, e a Her Money gera todo fluxo de caixa. É comum as mulheres serem boas pagadoras, mas ficam à margem do crédito pois têm essa dificuldade no gerenciamento do negócio. “No máximo elas têm um caderno onde fazem os lançamentos e se vão buscar crédito não passam nem na porta”, avalia Andrezza.

Com o Her Money elas ganham a possibilidade de gerir e gerar recursos financeiros. Segundo pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), 55% das empreendedoras classificam como difícil ou muito difícil conseguir crédito no Brasil.

O estudo mostra ainda que elas querem crédito para incrementar o capital de giro (38%), pagamento de dívidas (35%), ampliação do negócio (35%) e compra de estoque e insumos (25%). Outro estudo realizado pelo Sebrae em 2019 aponta que o valor médio de empréstimos liberados para as mulheres é de aproximadamente R$ 13 mil a menos que a média aprovada para os homens, além de pagar taxas de juros 3,5 pontos percentuais acima do sexo masculino. Já em relação aos índices de inadimplência, 3,7% das mulheres estão inadimplentes, enquanto os homens apresentam um indicador de 4,2%.

her money
Divulgação

Andrezza Rodrigues, fundadora da Her Money

Para Andrezza Rodrigues, dar crédito para as mulheres abre o leque de oportunidades para negócios e crescimento pessoal e profissional. “Quando apoiamos o crédito e facilitamos o desenvolvimento de uma mulher, estamos fazendo um investimento que impacta toda a nossa sociedade, porque esta mulher vai aumentar seu faturamento, vai contratar mais pessoas e vai pagar uma escola melhor para seu filho”, observa a executiva.

Com a HerMoney esse cenário pode mudar. Trata-se de uma startup feita por mulheres e para mulheres que constrói e controla a gestão financeira do negócio por meio apenas da câmera do celular, de maneira rápida e simples. A plataforma gera automaticamente informações relevantes que ficam disponíveis online e possui inteligência de dados para o envio de pushes de insights, metas e lembretes (contas a pagar, a receber e outros). É a startup mais nova e a única liderada por empreendedoras a conquistar o prêmio na categoria ‘Startup Revelação’ na mais importante premiação do ecossistema brasileiro de inovação: o Startup Awards 2k21.  

Movimento “Adote uma Empreendedora

 Em maio, Andrezza lançouo o movimento “Adote uma Empreendedora e transforme um sonho em realidade”. O objetivo do movimento é dar acesso a toda tecnologia de automação e inteligência financeira que a startup criou, para que duas mil microempreendedoras – que possuem o seu próprio negócio e não dispõem de recursos para pagar a assinatura – utilizem a plataforma gratuitamente.

O programa funciona da seguinte forma: a empreendedora é adotada por uma pessoa física ou jurídica que paga uma cota (a partir de R$ 564), a qual dá acesso a 12 meses ao sistema de controle financeiro da HerMoney, além disso, como bônus a empreendedora ganha mentoria com especialistas em finanças e acesso gratuito aos materiais de gestão financeira. Com esse acesso, durante um ano o negócio ganha a assistência necessária para sobrevivência e o auxílio para que a mulher possa seguir sua jornada empreendedora.

Agora você pode acompanhar todos os conteúdos do iG Delas pelo nosso canal no Telegram. Clique no link para entrar no grupo . Siga também o perfil geral do Portal iG .

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook