Bahia se torna centro de testagem de vacinas da Covid-19 no Brasil


source
Em vídeo nas redes sociais%2C Rui Costa exaltou atuação do governo no combate ao novo coronavírus
Reprodução/Facebook

Em vídeo nas redes sociais, Rui Costa exaltou atuação do governo no combate ao novo coronavírus

Recentemente a Bahia se tornou um dos principais centros de testagem de vacinas contra o novo coronavírus (Sars-coV-2) do Brasil. Após iniciar os testes com o imunizante da americana Pfizer em parceria com a alemã BioNTech na semana passada, o estado pretende assinar nos próximos dias um acordo com a vacina chinesa Sinopharm. Além disso, paralelamente, já negocia com a Rússia a testagem da Sputnik V .

O governador Rui Costa (PT) vai assinar esta semana o protocolo de cooperação com o Sinopharm (Grupo Farmacêutico Nacional da China) para testagem de duas variações de uma vacina na Bahia e em outros Estados do Nordeste. Se aprovada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e pela Conep (Comissão Nacional de Ética em Pesquisa), a parceria prevê o início dos testes na primeira quinzena de setembro, e duração de três meses.

Além da intenção de acordo com os chineses, os baianos já estão participando dos testes de outras vacinas. A instituição filantrópica Obras Sociais Irmã Dulce começou a receber na sexta-feira, em Salvador, os testes da vacina da farmacêutica Pfizer em parceria com a BioNTech.

Por fim, ainda no início do mês, o governo baiano já tinha demonstrado interesse em uma parceria com a Rússia, responsável pelo registro da primeira vacina contra Covid-19 . Recentemente, a embaixada russa no Brasil confirmou as negociações. “As partes conversaram sobre o estabelecimento de uma possível parceria entre as instituições de pesquisa nordestinas e os centros científicos russos nos testes e produção da vacina”, diz nota da embaixada sobre a reunião virtual entre seus representantes e os do governo baiano no dia 30 de julho. Com informações do Uol .

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook