Bolsonaro publica vídeo editado para desmentir o Jornal Nacional; assista


source
bolsonaro
Agência Brasil

Presidente Jair Bolsonaro tenta desmentir telejornal da Globo com um vídeo no Twitter

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) compartilhou na manhã deste domingo (23) um vídeo em sua conta oficial do Twitter com ofensivas contra a edição da última sexta-feira (21) do Jornal Nacional. O presidente acusa o principal telejornal da rede Globo de “tenta manipular a notícia”.

Leia também: Militares atacam STF por ‘pressão’ a Bolsonaro e falam em guerra civil

O vídeo começa com o apresentador William Bonner repercutindo a fala de Bolsonaro sobre o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel querer “a cabeça” do presidente. “E dá a entender que soube por amigos policiais do Rio de Janeiro que haveria operação contra o filho dele com provas que seriam plantadas”, comentou o jornalista ao vivo em rede nacional sobre as falas de Bolsonaro.

O tuíte do presidente, no entanto, ironiza a informação que é foco da reportagem. Na publicação, Bolsonaro agradece aos “amigos Policiais Civis e Militares do Rio de Janeiro ” na tentativa de desmentir que haveria uma “rede” particular que o abastece com dossiês, como relata no vídeo da reunião ministerial compartilhado na última semana.

O vídeo editado e compartilhado nas redes de Bolsonaro também explora um erro de Bonner. O jornalista se retratou ao ter afirmado que o então ministro da Justiça, Sergio Moro , teria sido solicitado para “blindar” o presidente com informações.

Leia também: Aeronáutica confirma 90 alunos infectados com Covid-19 em Minas Gerais

“E uma correção: há pouco nós dissemos erroneamente que o presidente Bolsonaro tinha pedido ao ministro Moro para ser blindado. Mas, como nós mostramos na voz do próprio presidente, foi o contrário: ele disse a Moro que não queria ser blindado, mas que o ministro tinha a missão de não deixar que ele fosse chantageado”, diz Bonner, complementando que “está feita a correção”.

Comentários Facebook