Câmara Municipal acompanha e monitora casos de COVID-19 no legislativo


.

Criada pela Mesa Diretora da Câmara Municipal de Cuiabá através da Portaria Nº 191/2020 de 16/03/2020, a Comissão de Acompanhamento e Implementação de Ações de Prevenção e Enfrentamento do Novo Coronavirus no âmbito do legislativo cuiabano, tem desenvolvido inúmeras atividades voltadas ao bem estar e saúde de servidores e parlamentares.

A comissão é composta pelo vereador Misael Galvão (PTB), presidente da Câmara Municipal, vereador Ricardo Saad (PSDB), Dr. João Leopoldo Baçan (Médico), Aline de Paula Moreira Fedatto (Enfermeira), Bárbara Helena de Noronha Pinheiro (Secretária de Gestão de Pessoal) e Paulo Sérgio do Nascimento (Secretário de Gestão Administrativa).

De acordo com o presidente da comissão, Misael Galvão, todas as medidas adotadas pelo parlamento seguem as Notas Recomendatórias emitidas pelo Médico Dr. João Baçan (servidor efetivo da Casa de Leis), observando ainda as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e demais órgãos gestores da saúde pública do &nbspEstado e do País.

Desde o dia 10 de junho, a Câmara Municipal vem realizando a testagem rápida de servidores que apresentam os sintomas da COVID-19, além de manter contato com pessoas infectadas pelo vírus.

Segundo a enfermeira Aline Fedatto, na medida em que houve um crescimento considerável no número de casos da doença em nosso município, também houve um aumento nos resultados positivos registrados entre os servidores e vereadores. Já soma 14 (catorze) o número de casos, sendo que destes, 09 (nove) já se recuperaram e tiveram alta. Atualmente, 05 (cinco) se encontram em tratamento e recebendo o acompanhamento por parte dos técnicos de saúde da comissão.

“Não há um foco de Covid na Câmara Municipal, pois os servidores pertencem a setores distintos e não tiveram contato uns com os outros. Assim que detectamos um servidor que apresente os sintomas, nós o isolamos imediatamente por 14 dias, na intenção de coibir a cadeia de transmissão. Sendo que apenas na semana seguinte ele é testado, observando o ciclo da doença. Caso o resultado dê positivo, ele somente retorna depois de sua plena recuperação. Essa é a orientação do presidente da Câmara”, afirmou Aline.

Para Misael, mesmo o legislativo estando em regime de teletrabalho, cabe à Comissão de Acompanhamento e Enfrentamento ao COVID-19, oferecer todo apoio e orientação aos servidores, parlamentares e familiares. “Estamos passando por um momento muito difícil, precisamos nos unir e cuidar um do outro. Estamos distanciados socialmente, porém, unidos no combate a essa doença”, pontuou Galvão.&nbsp

Jean Estevan / Câmara Municipal de Cuiabá

Comentários Facebook