Campanha Contra Câncer Infantil traz alunos do município para visita a Câmara Municipal

Câmara Municipal de Cuiabá

Na manhã desta quinta-feira (13), a Câmara Municipal de Cuiabá recebeu a visita de duas turmas do 5º ano de alunos da Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Professora Joana D´Arc da Silva, do bairro Real Park, região Sul da Capital.
A visita foi programada pela Sala da Mulher, presidida por Adélia Galvão e coordenada pela servidora Thamires Rondon e pela Escola Legislativa – sob chefia do servidor Danilo Monlevade -, como parte da Campanha de Luta Contra o Câncer Infantil, que foi lançada na segunda-feira (10), na Casa de Leis.
A campanha contra o Câncer Infantil ocorre em todo o mundo e tem como data crucial o dia 15 de fevereiro. Em apoio a essa luta, o Legislativo Cuiabano convidou o Hospital do Câncer de Mato Grosso, que através da administradora Silvia Negri enviou cartilhas educativas para serem distribuídas.
Além disso, a Câmara recebeu apoio da Liga do Sorriso, com a participação de uma equipe coordenada pela artista Carla Soler, que nesta semana está percorrendo a Casa levando informações sobre a doença, de forma descontraída.
O personagem Batman, encarado pelo performático, Luiz Miguel Faria Júnior, também trouxe sua colaboração para a visita, com o intuito de torná-la mais divertida.
O alunos, cerca de 30, acompanhados pela Coordenadora da escola Laura Helena Ribeiro e pela Professora Tânia Pavani, percorreram a Câmara conhecendo os setores da casa e conheceram também o Centro Geodésico, participando de uma mini-aula ministrada pelo servidor Danilo Monlevade, que é historiador.
A visita dos alunos contou ainda com uma palestra sobre o câncer infantil ministrada pela sra. Evelyn Ottonelli, do Hospital do Câncer, cuja abordagem central foi sobre a importância de uma campanha para ajudar a combater a doença.
Dados apresentados pelo INCA (Instituto Nacional do Câncer), dão conta de que no Brasil o câncer já é a primeira causa de óbitos entre a população de 1 a 19 anos. A entidade calcula que, ano base 2018, mais de 12 mil casos novos da doença surjam a cada ano.
No mundo, a CCI (Childhood Cancer International) estima que mais de 300 mil crianças são diagnosticadas com câncer a cada ano. Desse total, entre 8 e 10 crianças vivem em países com baixa ou média renda, com a taxa de sobrevivência alcançando apenas 20%. Em contraste, nos países de alta renda, as taxas de cura ultrapassam 80%.
Um dos objetivos da Campanha da Luta Contra o Câncer Infantil é alertar para a necessidade de medidas que venham eliminar a dor e o sofrimento das crianças que lutam contra a doença e buscar meios de atingir 60% de cura em todo o mundo.
Nessa perspectiva, a Câmara Municipal de Cuiabá, trabalha para contribuir com as organizações que formam coro para tornar o câncer infantil uma prioridade nacional e global de saúde.

Etevaldo de Almeida | Câmara Municipal de Cuiabá

Comentários Facebook