CENOURA/CEPEA: Oferta reduzida mantém preços em patamares elevados


Cepea, 15/10/2021 – Setembro e o início de outubro foram marcados pela manutenção dos preços da cenoura em patamares elevados em todo o território nacional, de acordo com informações do Hortifruti/Cepea. Nas principais praças produtoras, São Gotardo (MG) e Cristalina (GO), a caixa de 29 kg de “suja” foi vendida, em média, a R$ 27,00 – valor bastante superior ao custo de produção. A baixa oferta nacional do produto explica esse cenário. A menor área plantada nesta safra de inverno (devido ao recuo dos investimentos, após os resultados negativos na temporada de verão) e o longo período de estiagem, que prejudicou o desenvolvimento das raízes, mantiveram o volume restrito durante o mês passado e o início deste. Na primeira quinzena de outubro, as cotações da cenoura se sustentaram em patamares atrativos ao produtor e a expectativa em relação à produção é positiva, devido ao maior volume de chuvas no período. Isso porque, apesar de dificultarem os trabalhos nas roças, as precipitações tendem a melhorar o desenvolvimento das raízes. Fonte: Cepea/Hortifruti – www.hfbrasil.org.br

Fonte: CEPEA

Comentários Facebook