Como diminuir os riscos de uma cirurgia plástica dar errado?

Quando você decide que vai se submeter a uma cirurgia plástica deve seguir algumas regras básicas para diminuir os riscos de algo dar errado.

Primeira coisa, escolha o procedimento que quer fazer e consulte um cirurgião plástico graduado e converse com ele, tire todas as suas dúvidas e não tenha pressa.  Só faça a cirurgia quando tiver total segurança e tranquilidade sobre o médico e o resultado que pretende alcançar.

Pode ser que na primeira consulta você ainda não tenha sanado todas as dúvidas. Pergunte tudo, se informe e veja se o que está pensando é possível realizar para que o pós-cirúrgico não se arrependa.

Como sempre falo, a cirurgia plástica serve para realçar o que seu biótipo já oferece. Por isso o resultado no seu corpo é diferente do resultado no corpo da sua amiga.

Segundo passo após fazer todos os exames de risco cirúrgico solicitado pelo médico e passar pelo procedimento, siga à risca todas as orientações. O bom resultado depende de como o paciente se comporta no pós-cirúrgico.  Sendo assim, é preciso realizar o repouso adequado, ingerir alimentos saudáveis, beber bastante líquido, tomar os medicamentos indicados pelo médico, entre outros cuidados.

Alimente-se bem. Se você fez uma lipoaspiração, por exemplo, tem que mudar os hábitos alimentares. Uma alimentação saudável ajuda o organismo na reabilitação e também vai ajudar a manter uma boa dieta. Sem tantos carboidratos,  com menos doce, mudança de hábito garante que o resultado da cirurgia dure.

Pratique exercícios físicos. Essa é uma das principais dicas para que o resultado fique dentro do esperado. Um paciente que já pratica exercícios a recuperação pós-cirúrgica é mais rápida e até menos dolorosa. Quem tem vida sedentária sente mais os efeitos da cirurgia e se não mudar de estilo de vida pode voltar ao que era antes mais rápido.

Vale lembrar que intercorrências podem acontecer já que se trata de uma cirurgia e como outra qualquer oferece riscos. Por isso é recomendado que seja feita em rede hospitalar, pois caso algo saia fora do planejado o paciente terá todo o atendimento necessário.

Mais que a estética, o cirurgião plástico preza pela vida do paciente. Portanto, procure um médico cirurgião plástico. Um profissional sério jamais irá realizar um atendimento na sua casa, ou fora do consultório e dependendo do procedimento, jamais fora do ambiente hospitalar.

Benedito Figueiredo Junior é cirurgião plástico na Angiodermoplastic. CRM 4385 e RQE 1266. Email: [email protected]

Comentários Facebook