Confira 5 coisas que já sabemos sobre o futuro SUV de entrada da Volkswagen

Desde que a Honda otimizou a estrutura do Fit para lançar o WR-V, as montadoras voltaram a prestar atenção na categoria dos crossovers compactos. Desde o fim do antigo CrossFox, a Volkswagen não tem um correspondente nesta categoria, mas isso deverá mudar com a chegada do futuro T-Sport.

LEIA MAIS: VW prepara versão do T-Cross com jeito de cupê. Poderá ser vendido no Brasil

Como os detalhes sobre o futuro lançamento já começam a aparecer, a reportagem do iG Carros reúne 5 coisas que já sabemos sobre o VW T-Sport , futuro crossover compacto da marca. Acompanhe a lista.

1 – Estrutura de Polo e Virtus

MQB arrow-options
Divulgação

O código interno do projeto confirma que o modelo será feito sob a plataforma MQB A0

A primeira confirmação da existência do T-Sport aconteceu em meados de fevereiro de 2018, quando a Volkswagen fez uma apresentação de projetos futuros para os concessionários argentinos. Uma imagem acabou vazando nas redes sociais, sinalizando que a marca realmente possui um projeto conhecido internamente como A0 CUV. 

Este código diz muita coisa. A sigla “CUV” é utilizada para designar utilitários compactos, indicando que a Volkswagen realmente planeja fazer um SUV abaixo do T-Cross e não versão aventureira do Polo . O prefixo “A0”, por sua vez, é o nome da plataforma MQB-A0, que serve de base para a dupla Polo e Virtus. As similaridades entre os carros serão notáveis.

2 – Rivais bem definidos

WR-V arrow-options
Divulgação

Feito com base no Fit, o Honda WR-V inaugurou a ideia de utilitário compacto

Uma fonte ligada à Volkswagen revelou para os nossos parceiros da Revista Motor Show que o T-Sport tem alvos bem definidos: Honda WR-V , Chevrolet Onix Activ, Fiat Argo Trekking, Hyundai HB20X, Ford Ka Freestyle, Chery Tiggo 2, Renault Sandero Stepway, entre outros. Portanto, o objetivo é disputar com versões aventureiras dos principais rivais com “algo a mais”. Mais que um simples “Cross Polo”, a Volkswagen está desenvolvendo um produto cheio de particularidades no exterior.

LEIA MAIS: Projeção antecipa como ficará o novo Hyundai HB20

3 – SUV-cupê

VW Tayron arrow-options
Divulgação

O nosso T-Sport poderá ter influências do VW Tayron, exclusivo para o mercado chinês

A mesma fonte também adiantou que o futuro crossover da Volkswagen será “o primeiro SUV-cupê” acessível do mercado. Isso significa que a marca alemã entrará de cabeça na nova moda dos utilitários esportivos, com uma queda bem acentuada antes do fim da traseira, em um segmento ainda mais barato. Marcas como Renault e Fiat também preparam produtos com essas características, mas estes novos veículos deverão passar dos R$ 110 mil.

4 – Utilitário barato

VW Taigun arrow-options
Divulgação

A intenção é que o VW T-Sport não canibalize outros modelos. Deverá ficar entre Polo e T-Cross

O objetivo da Volkswagen é não ultrapassar a barreira dos R$ 90 mil nas versões mais equipadas. Considerando que o T-Cross parte de R$ 85 mil em sua versão mais barata, este seria um teto adequado para o preço do novo T-Sport. As versões de entrada deverão ficar na faixa dos R$ 75 mil, onde começam os preços do Polo Highline. 

LEIA MAIS: Chevrolet Onix Sedan é visto com disfarces em São Paulo

Dessa forma, a marca alemã terá um portfólio bem definido, onde um veículo não poderá “canibalizar” as vendas do outro. Por questões de custo, o T-Sport vai surgir  com os mesmos motores do Virtus: ou seja, 1.6 MSI de 120 cv e 1.0 TSI de 138 cv.

5 – Mais perto do que imagina

VW Taigun arrow-options
Divulgação

Diferentemente do segundo conceito do VW Taigun, o T-Sport não terá estepe na tampa do porta-malas

O presidente da Volkswagen, Pablo Di Si, já antecipou que o novo modelo chegará ao mercado brasileiro em meados de 2020. A marca iniciou os preparativos na fábrica de São Bernardo do Campo (SP), onde o VW T-Sport será produzido no fim do ano, com a possibilidade de chegar ao mercado no primeiro trimestre de 2020.

Comentários Facebook