Coronavírus: acompanhe a cronologia do contágio

source

RIO — Pelo menos 17 pessoas morreram em consequência de um novo coronavírus na China após um surto na cidade central de Wuhan, e mais de 500 casos foram registrados globalmente, a maioria deles na China, onde a infecção se espalhou mais rapidamente nos últimos dias.

virus arrow-options
British Health Protection Agency

Coronavírus

Leia mais: Total de mortes por coronavírus chega a 25 na China

31 de dezembro

O governo chinês alerta a Organização Mundial de Saúde sobre a aparição, na cidade de Wuhan, de 11 milhões de habitantes, de uma série de casos de pneumonia de origem desconhecida.

1 de janeiro

Autoridades de Wuhan fecham o mercado da cidade especializado no atacado de frutos do mar e peixes, local em que muitos pacientes trabalhavam ou frequentavam.

11 de janeiro

China anuncia a primeira morte de um paciente com coronavírus.

13 de janeiro

OMS identifica um caso de coronavírus na Tailândia, em uma paciente que teve pneumonia após voltar de uma viagem a Wuhan. Foi o primeiro registro da enfermidade fora da China.

Nos dias seguintes, o coronavírus foi identificado no Japão, Coreia do Sul e Taiwan.

17 de janeiro

O Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC) anuncia medidas de rastreamento de viajantes da China nos aeroportos de Nova York, Los Angeles e São Francisco, que recebem voos de Wuhan.

Leia mais: Governo de Minas Gerais monitora suspeita de coronavírus em BH

21 de janeiro

Primeiros casos na Austrália e nos EUA — o paciente teria contraído o vírus em uma viagem a Wuhan.

Aeroportos de Tailândia, Hong Kong, Singapura, Austrália e Rússia intensificaram o controle da chegada de voos de zonas de risco.

Zhong Nanshan, chefe da equipe criada pela Comissão Nacional de Saúde da China para investigar o coronavírus, anuncia que o vírus pode ser transmitido entre humanos.

22 de janeiro

A Organização Mundial de Saúde faz uma reunião emergencial para avaliar a declaração de uma emergência internacional de saúde.

A Secretaria de Saúde de Minas Gerais informa que foi registrado no Estado o primeiro caso suspeito de infecção em uma paciente que chegou a Belo Horizonte vinda da China no último sábado. O Ministério da Saúde, no entanto, nega que haja casos suspeitos no país.

Autoridades chinesas cortam transporte de Wuhan, centro do surto de coronavírus. A partir desta quinta-feira, serão suspensos voos, viagens de trem e ônibus saindo da cidade. Os serviços de metrô e balsas também serão afetados.

25 de janeiro

É a data do Ano Novo na China. Autoridades temem que o alto fluxo de viagens contribua para a difusão do vírus .

Fonte: IG SAÚDE
Comentários Facebook