Covid: Com alta de internações, São Paulo vai abrir 700 novos leitos


source
Covid: Com alta de internações, São Paulo vai abrir 700 novos leitos
Macau Photo Agency/Unsplash

Covid: Com alta de internações, São Paulo vai abrir 700 novos leitos

O estado de São Paulo abrirá 700 novos leitos de internação nos próximos 10 dias. A medida figura como uma forma de conter o aumento de ocupação nos hospitais diante do crescimento dos casos de Covid-19. 

De acordo com dados apresentados pelo secretário de Saúde estadual, Jean Gorinchteyn, atualmente são 3,6 mil pessoas em UTIs e mais 7,3mil em enfermarias. Ele lembrou que no pico da segunda onda, esse número chegou a 13 mil pessoas somente em UTI em casos, portanto, mais graves.

Na última semana, o número de pacientes em geral – considerando UTI e enfermarias – o aumento de internados foi de 33,4%. Considerando o patamar de duas semanas atrás, o número atual de internações é 98% maior do que o aferido naquela época.

“Exatamente frente a isso e em concomitância a termos seis regiões com mais de 80% de ocupação, que medidas tiveram que ser tomadas pelo estado de São Paulo”, afirmou Gorinchteyn.

Leia Também

Os novos leitos serão dedicados às unidades hospitalares de 14 regiões do Estado, incluindo capital e municípios da Grande São Paulo e as regionais de saúde de Araraquara, Baixada Santista, Barretos, Bauru, Franca, Marília, Presidente Prudente, Registro, Ribeirão Preto, São João da Boa Vista, São José do Rio Preto, Sorocaba e Taubaté.

Vacinação de crianças

Na mesma coletiva de imprensa, realizada no Palácio dos Bandeirantes, foi informado que o estado já atingiu a marca de 500 mil crianças com idades entre 5 e 11 anos vacinadas contra a Covid-19.

O número representa 12% do público-alvo já atingido com, ao menos, uma dose de vacina. Para a imunização das crianças de 5 anos ou mais é autorizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) o uso da vacina da Pfizer. Para os que têm mais de 6 anos a autorização também se estende à vacina CoronaVac.

De acordo com o governo do estado, já foram distribuídas 4 milhões de doses do imunizante para os 645 municípios.  A meta estipulada pelo governador João Doria (PSDB) é que os municípios vacinem em três semanas todas as 4,3 milhões de crianças dessa faixa etária do estado com a primeira aplicação. O esquema vacinal, contudo, só estará completo após o envio e aplicação das segundas aplicações.

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook