Cuiabá amplia atendimentos de leitos de UTI em 178% e reforça compromisso com cidadão


.

A gestão do prefeito Emanuel Pinheiro ampliou em 178% o número de leitos de UTIs ao longo de pouco mais de três anos de governo. Hoje, a capital disponibiliza 195, sendo que dez estão em fase de finalização. Ao assumir a chefia do Executivo, o prefeito empenhou esforços para garantir que as pessoas tivessem atendimento célere e de qualidade. 

Com ampliação da rede, o número já chega a 90 para tratamento de qualquer tipo de patologia. E, para o enfrentamento da pandemia, foram criados ainda mais 105 leitos exclusivos para tratamento da COVID19.

“Nós temos um compromisso com à população. Nosso trabalho é diário e pautado na premissa de melhorar a vida das pessoas. A Prefeitura de Cuiabá jamais fechou leitos de UTIs, pelo contrário, aumentamos. Os leitos  de UTI Covid são prioridade, desde que não se retire a UTI para as demais  doenças”.

O prefeito Emanuel Pinheiro pondera ainda que mediante o achatamento da curva de crescimento da COVID e com o aumento das demandas na saúde pública da capital para as demais comorbidades, causada pela diminuição de atendimentos clínicos na Santa Casa, Metropolitano e Hospitais Regionais, a Prefeitura de Cuiabá  precisou alterar o plano de controle e mitigação do novo Coronavirus, elaborado pelo Comitê de Enfrentamento ao novo Coronavirus.

“Cuiabá  precisa atender pacientes acidentados, infartados, com quadro de AVCs e demais comorbidades, na sua maioria pacientes do interior que recorrem a capital para atendimento.

Ele finaliza reiterando que “a UTI para COVID é prioridade. UTI para as demais doenças, também”. 

 

 

Comentários Facebook