Datena se alia a Bolsonaro e pode deixar a Band em junho

source
Datena pode ter que deixar o programa na Band para concorrer ao Senado
Bruno Silva

Datena pode ter que deixar o programa na Band para concorrer ao Senado


Os dias de José Luiz Datena à frente do Brasil Urgente, na Band, podem estar contados. Na tarde desta sexta-feira (13), o presidente Jair Bolsonaro anunciou o nome do apresentador como candidato ao Senado de São Paulo pelo partido Republicanos.


A declaração foi dada por Bolsonaro em um almoço secreto realizado na casa de Paulo Skaf, ex-presidente da Fiesp, que contou com a presença de empresários e também do atual presidente da República. As informações são da colunista Mônica Bergamo.

Caso Datena de fato se lance como candidato na chapa de Tarcísio de Freitas, que concorrerá ao cargo de governador de São Paulo, ele terá até o dia 30 de junho para se afastar de suas atividades à frente do telejornal policial.

De acordo com a Lei de nº 9.504/1997, chamada de Lei das Eleições, as emissoras de TV e de rádio são proibidas de transmitir quaisquer programas que sejam apresentados por profissionais que estejam concorrendo a um cargo público.

A coluna procurou a Band para saber se o apresentador já anunciou sua saída do Brasil Urgente ao final do próximo mês, mas a emissora não comenta decisões pessoais de seus funcionários.

Vale lembrar que esta não é a primeira vez que Datena ameaça concorrer a algum cargo público. Em 2018, ele chegou a lançar sua pré-candidatura ao Senado, mas voltou atrás. Em 2020, também alimentou as especulações de que tentaria ser prefeito de São Paulo, e novamente desistiu da ideia.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook