Decreto presidencial muda critério de seleção dos clubes da Timemania


O presidente Jair Bolsonaro assinou hoje (27) um decreto que altera os critérios de enquadramento dos clubes de futebol participantes do Timemania, jogo de loteria da Caixa. De acordo com a Secretaria-Geral da Presidência, a nova norma prevê que os clubes integrantes das séries A e B do Campeonato Brasileiro, no último biênio, estarão aptos a participar do referido sorteio.

Em nota, a pasta explicou que o modelo atual é “completamente ultrapassado”, pois considera, exclusivamente, os times participantes da Série A e B do Campeonato Brasileiro do ano de 2007. Nesse sentido, a alteração traz um “modelo flexível e dinâmico”.

No sorteio, além de dez números entre os 80 disponíveis no volante, o apostador escolhe um Time do Coração. São esses times que serão alterados. Assim, para o ano de 2021, por exemplo, os clubes que participaram do campeonato nacional no biênio 2019/2020 serão selecionados para integrar o Timemania, nos próximos concursos, que correm três vezes por semana, com sorteio de sete dezenas e um clube.

Com a Timemania, além de arrecadar recursos para aplicação em programas sociais, como o desenvolvimento de práticas desportivas, o governo efetua uma política de recuperação das dívidas dos clubes de futebol com a União. Do valor total arrecadado com as apostas, 46% são para o prêmio bruto e 22% vão para os clubes de futebol. Há ainda a distribuição de recursos para alguns fundos, para os comitês Olímpico e Paralímpico e para a pasta do esporte, hoje no Ministério da Cidadania.

Evento no Planalto

O decreto foi assinado nesta segunda-feira, em cerimônia no Palácio do Planalto e deve ser publicado até amanhã (28) no Diário Oficial da União. O evento foi alusivo aos mil dias do governo do presidente Jair Bolsonaro. Nesta semana, ele viaja com seus ministros para diversas localidades do país, em comemoração ao marco.

Hoje, o presidente também assinou decreto que revoga 892 atos normativos que perderam a eficiência ou validade, editados entre os anos de 1943 e 2020. No evento, a Caixa fez o lançamento de um programa de microcrédito que vai oferecer empréstimos de R$ 300 a R$ 1 mil, direto pelo aplicativo de celular Caixa Tem.

Edição: Denise Griesinger

Comentários Facebook