Deputado Claudinei viabiliza nova sede da Delegacia de Polícia de Dom Aquino


Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

A Secretaria de Estado de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp) atendeu a solicitação do deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) para que a Delegacia Municipal da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso (PJC), em Dom Aquino possa se mudar para a antiga estrutura da cadeia pública do município, desocupada no final de maio deste ano. O imóvel vai garantir uma economia ao Executivo de cerca de R$ 24 mil ao ano.

“Foi uma gestão feita pelo deputado Delegado Claudinei junto à Sesp que, conseguiu para nós este prédio moderno, bem estruturado, com várias salas, celas dignas, um pátio amplo, espaço para os nossos investigadores e escrivães”, agradece delegado de polícia de Dom Aquino, Claudemir Ribeiro.

Ele acrescenta que todos os servidores se empenharam no processo de mudança para que o estabelecimento seja bem utilizado pela população com total comodidade e, também, pelos policiais civis. “Vai ter uma economia bem grande para o estado. Agradeço o prefeito municipal que inicialmente nos ajudou com a pequena reforma para estarmos recebendo a delegacia de polícia”, comenta o delegado.

Cadeia Pública – A cadeia pública foi desocupada em atendimento ao Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) de n.º 01/2020, firmado entre o governo de Mato Grosso, Ministério Público Estadual (MPE), Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ) e Tribunal de Contas do Estado (TCE).

De acordo com o deputado Claudinei, essa demanda inicialmente partiu do vereador Adelson Martins (PP), conhecido por Gato, para que ele fizesse a devida articulação junto ao governo estadual para a possível transição da delegacia de polícia para o imóvel desocupado.

“Além de toda a infraestrutura adequada para atender os policiais civis, também possui cabo de fibra óptica para rede de internet, câmeras de monitoramento, além de toda a estrutura material”, comenta o parlamentar que visitou o local após ser desocupado pelos servidores do sistema prisional.

A delegacia municipal estava instalada em uma pequena casa em condições precárias. O valor da locação era de R$ 2 mil reais por mês. Conforme Claudemir, já ocorreram fugas de presos, principalmente devido à precariedade das celas, o que consequentemente, gerava uma insegurança muito grande para a equipe de policiais.

 

 

Fonte: ALMT

Comentários Facebook