Deputado Dr. Leonardo propõe Câmara Temática para debater Hidrovia Paraguai-Paraná

Deputado Dr. Leonardo (Foto: Marcos Lopes/ALMT)

Com o objetivo de avaliar, acompanhar, discutir e propor medidas quanto aos portos da região oeste de Mato Grosso, bem como a efetivação da Hidrovia Paraguai-Paraná, o deputado Dr. Leonardo (PSD) propôs a criação de uma Câmara Setorial Temática. Esta é a segunda câmara que o parlamentar propõe, voltada ao desenvolvimento da região oeste de Mato Grosso.

Para o deputado, dois grandes fatores embasam a necessidade deste estudo e discussão. Primeiro, a explosão da produção agrícola do estado, estimada em 40 milhões de toneladas de grãos. Segundo, a demanda mundial por alimentos, aliado a grande demanda de produção agrícola reprimida em Mato Grosso, que tem vocação para o transporte hidroviário.

De acordo com o Instituto Tecnológico de Transportes e Infraestrutura (ITTI), a hidrovia do rio Paraguai (de Cáceres até Nova Palmira, no Uruguai) é uma das que oferecem as melhores condições de navegação no país. De acordo com estudos do Movimento Pró-Logística, com o funcionamento da hidrovia haveria uma redução no custo do frete em até 30% na região oeste, sul e sudeste do estado.

Segundo dados do Ministério dos Transportes, um número potencial de commodities adicionais poderia ser transportado pelo Rio Paraguai, sendo as commodities mais promissoras: soja, farelo de soja e milho. A região de Cáceres, por exemplo, tem uma área de atendimento que cobre um raio de 500 km, correspondendo atualmente à produção de aproximadamente 12 milhões de toneladas de grãos.

ZPE E FRONTEIRA

Vale lembrar que a Câmara Temática que discute a Zona de Processamento e Exportação (ZPE) e a fronteira Brasil-Bolívia já está com atividades acontecendo. Duas reuniões já foram realizadas, a última ocorreu no Comando da 13ª Brigada de Infantaria Motorizada, em Cuiabá, ao qual foi apresentado o Sistema de Integração de Monitoramento de Fronteira (Sisfron).

Fonte: AL MT
Comentários Facebook