Detran informa que em Rosário Oeste foi preso um servidor da Ciretran

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran/MT) esclarece que na ?Operação Falsários? ocorrida na manhã desta terça-feira (23), nas cidades de Várzea Grande, Rosário Oeste e Nova Mutum, foi preso um servidor da Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) de Rosário Oeste e  não o chefe da unidade.

O Detran enfatiza que o  chefe da Ciretran não está envolvido nas investigações, havendo equívoco na divulgação dos fatos. Na operação foram presos quatro servidores da Ciretran de Várzea Grande, um servidor da Ciretran de Rosário Oeste (128 km ao Norte) e outro, servidor da agência de Nova Mutum (264 km ao Norte).

 

Comentários Facebook