Entenda o melanoma, câncer de pele que matou o cantor Roberto Leal

O cantor Roberto Leal morreu no domingo (15) depois de um melanona maligno ter evoluído e atingido órgãos do corpo, como o fígado. Este câncer de pele é uma variante rara da doença, mas extremamente agressiva e letal. 

Leia também: Entenda a importância do diagnóstico precoce no combate ao câncer

Médico apontando para pinta nas costas de uma mulher arrow-options
shutterstock

O melanoma, tipo raro de câncer de pele, parece uma pinta nas fases iniciais, mas leva à morte em 30% dos casos

Fonte: IG Saúde
Comentários Facebook