Entidades pedem que Programa Buscar se torne lei


Carol Siqueira | Secom Câmara Municipal de Cuiabá

O presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, Juca do Guaraná Filho (MDB) recebeu nesta sexta-feira (26) demandas da Associação Matogrossense de Deficiente (AMDE) e da Associação dos Amigos Autista (AMA). As entidades solicitaram à Casa de Leis que o Projeto Buscar se torne lei municipal.&nbsp

O objetivo é garantir a ampliação do atendimento às pessoas com deficiência.

“Uma de nossas demandas é a realização do projeto Buscar para que o mesmo se torne lei. Temos 10 veículos adaptados, que não conseguem atender a demanda do município, queremos aumentar o número de carros destinado às pessoas com deficiência”, relatou a presidente da AMDE, Rosilene Garcia.

Juca do Guaraná Filho disse que analisará com a Secretaria de Apoio Legislativo a possibilidade da Mesa Diretora formular o projeto de lei.&nbsp

“Recebi várias sugestões da AMDE e da presidente da AMA. Queremos transformar e ampliar o Projeto Buscar, tornando uma lei municipal, para garantir qualidade de vida às pessoas com deficiências”, declarou Juca.

Segundo a AMDE, o Projeto Buscar é um serviço gratuito de transporte para atender pessoas com mobilidade reduzida, devido à deficiência motora. A utilização do serviço será limitada às pessoas de baixa renda cadastradas na associação.

Adriana Assunção | Secom Câmara Municipal de Cuiabá

Comentários Facebook