Entrega de medalha reconhece trabalhos prestados para a Defesa Civil

Secretário Adjunto de Proteção e Defesa Civil, tenente-coronel Abadio da Cunha, e secretário Eduardo Chiletto, condecoraram 22 pessoas – Foto por: Rafaella Zanol / Gcom MT

Secretário Adjunto de Proteção e Defesa Civil, tenente-coronel Abadio da Cunha, e secretário Eduardo Chiletto, condecoraram 22 pessoas

A entrega da Medalha de Honra ao Mérito da Defesa Civil foi marcada pelo reconhecimento e pela emoção. Pelos serviços prestados à sociedade brasileira, 22 pessoas foram agraciadas na cerimônia realizada na quinta-feira (18.08) no Salão Nobre Clóves Vettorato, no Palácio Paiaguás. Além disso, foram homenageados o patrono da Defesa Civil, Domingos Iglesias, e o agente da instituição Juliano Teófilo, falecido no mês passado. 

Participaram da cerimônia a primeira-dama do Estado, Samira Martins, os ex-governadores Frederico Campos e Júlio Campos, o secretário das Cidades, Eduardo Chiletto, e o secretário adjunto de Proteção e Defesa Civil, tenente-coronel Abadio da Cunha.

Para o tenente-coronel Cunha a medalha é uma forma de agradecer as pessoas que fizeram e fazem parte de ações que acolhem a sociedade. “Nosso slogan é ajudar o próximo. Por isso, sabemos que todos que receberam essa lembrança, com certeza estiveram presentes na vida de muitos brasileiros na hora de uma necessidade extrema”.

O secretário Eduardo Chiletto lembrou a história de Domingo Iglesias na Defesa Civil e frisou a importância de reconhecer o trabalho que ele prestou ao Estado. “O trabalho da Defesa Civil é muito bonito e importante, eles vão até as pessoas em situação de emergência, de risco. Muitas vezes na hora da dor e da angústia. E pessoas como o Domingos, que dedicou 32 anos a este trabalho, precisam ser reconhecidas. É uma homenagem muito justa, que deveria ter sido feita há muito tempo”, disse.

Os convidados se emocionaram com a homenagem prestada ao sargento Juliano Teófilo, falecido no dia 28 de julho, aos 42 anos. Ele dedicou dez anos a Defesa Civil. “A vida do meu filho era essa instituição. Ele estava pronto a qualquer hora para servir. Sempre me dizia da satisfação e alegria em proteger, cuidar e salvar o próximo. Todo trabalho dele foi por amor e ele está recebendo essa homenagem onde estiver. Nossa família também se alegra pelo reconhecimento da dedicação de Juliano”, disse Iramaia de Moraes da Silva, mãe do sargento.

O tenente coronel BM Abadio da Cunha lembrou a perda e entregou uma homenagem à família do militar. “Perdemos um grande homem, irmão, amigo e confidente. Perdi um dos meus generais”, disse.

Comentários Facebook