Estão disponíveis as agromensais de novembro/19

Cepea, 06/12/2019 – Neste mês, confira:

AÇÚCAR:  O Indicador do Açúcar Cristal CEPEA/ESALQ (estado de São Paulo) subiu 0,54% em novembro, fechando a R$ 65,56/saca de 50 kg no dia 29. Leia mais.

ALGODÃO: Com agentes priorizando os embarques aos mercados externo e interno e diante da baixa oferta no mercado spot nacional, especialmente de pluma de qualidade, os preços do algodão subiram com força no correr de novembro. Leia mais.

ARROZ: A ausência de vendedores no mercado interno ao longo de novembro impulsionou os preços do arroz em casca. Leia mais.

BOI: O mês de novembro de 2019 deve ser lembrado por muitos anos pela pecuária nacional. O período foi marcado por preços recordes reais do boi gordo (considerando-se a série do Cepea, iniciada em 1994) e da carne no atacado (série iniciada em 2001). Leia mais.

CAFÉ: Novembro foi marcado por forte recuperação dos preços do café arábica.  Leia mais.
 

ETANOL: Na parcial da temporada 2019/20 (de abril a novembro), o volume total de etanol hidratado captado pelo Cepea supera em 14,9% o de igual período da safra anterior. Leia mais.

 
FRANGO:  O mês de novembro se configurou como o período de retomada de preços para avicultura de corte. Leia mais.

MILHO: Novembro se iniciou com maior interesse comprador na realização de novos negócios, o que elevou as cotações na maior parte das regiões acompanhadas pelo Cepea. Leia mais.
 

OVINOS: Em novembro, os preços do cordeiro vivo e da carcaça estiveram em alta na maior parte das regiões acompanhadas pelo Cepea. Leia mais.

SOJA: A valorização do dólar frente ao Real estimulou as negociações de soja nos portos brasileiros em novembro. Leia mais.

 
TRIGO: A baixa disponibilidade de grão de qualidade, a desvalorização do Real frente ao dólar e preocupações quanto à safra e à comercialização do trigo argentino impulsionaram as cotações brasileiras do cereal em novembro. Leia mais.

Fonte: CEPEA
Comentários Facebook