Estudantes da rede publica municipal de Cuiabá retornam às salas de aula


Jorge Pinho

Clique para ampliar

As 167 unidades da rede pública municipal de Educação retomaram nesta segunda-feira (27) as atividades pedagógicas presenciais. Conforme determinação do prefeito Emanuel Pinheiro, as aulas, no formato híbrido, acontecem com número reduzido de estudantes por sala de aula (50% da capacidade de cada sala) e adoção de medidas de biossegurança e distanciamento físico, necessários neste momento de pandemia.

A secretária municipal de Educação, Edilene de Souza Machado, a secretária-adjunta de Educação, Débora Marques Vilar, e 87 assessores pedagógicos acompanham as unidades durante o dia de hoje.

Na Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Maria da Gloria de Souza, no bairro Baú, Regional Leste, pais, estudantes e profissionais estavam ansiosos. Na unidade educacional, todos estavam preparados para receber os estudantes.

A diretora da unidade, Solange Pereira Carvalho, contou que desde o início da pandemia a unidade vem se preparando para o retorno das aulas presenciais, com adequações físicas como a reforma da cozinha, pintura de toda a unidade, instalação de portões eletrônicos, aquisição de equipamentos e de produtos para a limpeza, e formação dos profissionais.

“Na unidade, todos os profissionais já estão vacinados e os cuidados são os mesmos, tanto para eles quanto para os estudantes. Todos ao entrarem na unidade verificam a temperatura, passam pelo tapete sanitizante. Nas salas, as carteiras estão afastadas e temos um número reduzido de alunos. Os estudantes foram divididos em grupos que virão em dias alternados”, explicou Solange Pereira.  

A unidade atende a 382 estudantes da Pré-Escola (I e II) até o 6º Ano do Ensino Fundamental. Ao todo, são 41 profissionais, entre professores e técnicos. Nesta segunda-feira, 50 estudantes tiveram aulas presenciais. Ao longo desta semana, a unidade entregará máscaras para as crianças.

A secretária Edilene Machado acompanhou o retorno das aulas presenciais no CMEI Cel. José Meirelles, na EMEB Henrique da Silva Prado, na creche Lucila Forte e na EMEB Santa Cecília.

“Agora é o momento da escola pós-pandemia. Este é um momento de grande emoção para todos nós, ver as crianças chegando à escola, ver os pais trazendo as crianças. Esperamos que dê tudo certo e acredito que vai dar certo. E precisamos que os pais confiem nas unidades e orientem seus filhos. Todas as unidades estão seguindo os protocolos e orientações de biossegurança, conforme é a marca da gestão Emanuel Piheiro em todas as decições durante a pandemia”, disse a secretária Municipal de Educação, Edilene Machado.

A gestora explicou ainda que nesta semana as unidades funcionarão de segunda a quinta-feira. Na sexta-feira as equipes gestoras irão avaliar a primeira semana, e verificar se nesse momento de readaptação será necessário continuar assim ou se volta a funcionar na sexta-feira.

Para os pais, o retorno é uma grande esperança. Uma das mães disse que decidiu autorizar o retorno da filha porque se sentiu segura. “Nada substitui o professor e a sala de aula presencial. Senti que minha filha estava com certa dificuldade”, disse ela.

Os estudantes cujos pais ainda não se sentem seguros em encaminhar seus filhos, continuarão recebendo atendimento de forma remota. As aulas gravadas estão disponíveis no @portaldaescola cuiabana e outras plataformas pedagógicas e aqueles que tem dificuldade em acessar a internet continuarão recebendo as atividades impressas e material estruturado dos programas.

Comentários Facebook