“Fui para o hospital achando que não ia sair”, desabafa Jorge Aragão após covid


source
Jorge Aragão
Reprodução/Instagram

Jorge Aragão


O cantor Jorge Aragão, de 72 anos, retornou aos palcos neste fim de semana, após dois anos sem shows devido a pandemia do coronavírus, e revelou aos fãs que teve medo de morrer ao ser diagnosticado com covid-19.

Jorge Aragão se apresentou na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro, e comentou que achou que ia morrer quando foi internado na UTI depois de contrair a covid-19 em 2020.

“A pior coisa que aconteceu na minha vida foi a solidão, de não poder falar com ninguém. Eu já imaginava pela idade, diabético, cardiopata, que tinha o perfil ideal que o vírus estava atacando. Fui para o hospital achando que não ia sair. Eu ia embora direto! Senti medo de morrer. Você pode estar indo embora e aí você quer se despedir de um neto, de uma filha… Isso é horrível, essa solidão! Mas só Deus sabe da vida da gente”, desabafou Aragão.


O sambista enfrentou alguns problemas de saúde neste ano. Jorge Aragão passou por um cateterismo. O cantor já foi internado outras vezes por problemas no coração e colocou stents (endoprótese para restaurar e regular o fluxo sanguíneo) pelo menos 22 vezes. Em outubro deste ano, Jorge Aragão foi internado em um hospital por causa de um mal-estar. “O aprendizado que essa pandemia trouxe é indescritível. Estar junto com os meus iguais nunca foi tão fundamental”, completou.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook