Gespública em Mato Grosso terá como foco a cultura de resultados

Em Mato Grosso, programa terá como foco a cultura de resultados – Foto por: Reprodução

Em Mato Grosso, programa terá como foco a cultura de resultados

A estratégia do núcleo estadual do programa nacional de Gestão Pública e Desburocratização (Gespública), que norteará a unidade pelos próximos quatro anos, foi apresentada ao secretário de Estado de Planejamento, Gustavo de Oliveira. Na oportunidade, o gestor destacou que em Mato Grosso, além de perseguir a excelência em gestão, o programa terá como foco a cultura de resultados.

O Gespública é uma iniciativa do Governo Federal, por meio do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP), que consiste em estimular e apoiar órgãos e entidades públicas a implementarem medidas de fortalecimento na gestão interna. Dentre os principais produtos do programa, que pode ser aplicado tanto nas organizações públicas quanto na iniciativa privada, destacam-se: a autoavaliação institucional, gestão de processos, instrumento de simplificação e desburocratização, carta de serviços ao cidadão e indicadores de gestão.

Conforme o planejamento estratégico apresentado, entre as metas a serem alcançadas até 2020 constam iniciativas de motivação e de comprometimento de voluntários, fortalecimento de novas parcerias, desenvolvimento de trilhas de conhecimentos, entre outros indicadores. Segundo a coordenadora do Núcleo estadual do Gespública, Patrícia Proença, um ponto chave do programa é a capacitação e orientação de órgãos e entidades para a implantação de ciclos contínuos de avaliação e de melhoria contínua da gestão.

Para ela, a mudança de cultura começa com medidas simples. “A transformação não ocorre de uma hora para a outra, mas ela precisa ser iniciada e pode começar com simples ações como a da autoavaliação do desempenho das práticas de gestão”, afirma.

De acordo com Gustavo de Oliveira, o núcleo estadual passará por uma reorganização e o principal beneficiado com a mudança, que buscará também a padronização de serviços, a busca de certificações de qualidade e programas de fortalecimento da gestão, além do foco em entregas e resultados, será o cidadão mato-grossense.

“O planejamento do núcleo local tem total adesão sobre o que o governador determina para a gestão, mas é necessário estabelecer indicadores, compromisso com o atingimento de metas. O desafio de melhorar a gestão da administração pública no Brasil exige um aperfeiçoamento da estratégia, da qual deve fazer parte a cultura de resultados”, reforçou o secretário.

Gespública MT

Em Mato Grosso, o núcleo estadual foi homologado pelo Comitê Gestor Nacional em novembro de 2006 e oficialmente instalado em agosto de 2001, por meio de um Seminário de Sensibilização promovido pela Secretaria de Estado de Planejamento (Seplan-MT), que à época respondia pela coordenação geral e executiva do programa. Anos depois, ele foi assumido pela Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) e, em agosto do ano passado, reincorporado à estrutura da Seplan.

No último mês, o núcleo estadual do Gespública realizou o treinamento de 43 agentes públicos. A capacitação teve como objetivo formar consultores Ad Hoc que irão atuar na mobilização das organizações para a melhoria da capacidade de gestão. Foram 40 horas de atividades práticas e conceituais facilitadas por consultores nacionais e locais, em período integral.

Entre os órgãos e instituições estaduais que já aderiram ao programa estão as Secretarias de Planejamento, de Fazenda, de Trabalho e Assistência Social (Setas-MT), de Gestão (Seges-MT), a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), a MT Participações e Projetos S/A (MT-PAR), a unidade regional da Gerência do Fundo de Garantia da Caixa Econômica Federal (CEF), a Eletronorte e o Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT).

Saiba mais sobre o programa.

Comentários Facebook