Gincana Ecológica estimula alunos à preservação do Meio Ambiente

Uma iniciativa considerada relevante em âmbito estadual, a gincana ecológica desenvolvida pela Secretaria do Meio Ambiente, e em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer de Várzea Grande, reuniu aproximadamente 360 alunos, na manhã dessa terça-feira (03), na quadra poliesportiva da Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Abdala José de Almeida, em comemoração ao Dia do Biólogo. Com o intuito de sensibilizar a comunidade sobre as questões que envolvem o Meio Ambiente, além disso, foram realizadas diversas apresentações culturais, exposições de tapetes ecológicos, objetos reutilizáveis e desfile de roupa ecológica. Prestigiaram o evento alunos de 10 escolas municipais.

A preocupação com o meio ambiente é atual e envolve toda a sociedade, além disso as questões envolvendo o lixo, reciclagem, reutilização e o reaproveitamento vem sendo considerado cada vez mais urgente e importante. Nesse contexto entra em cena o Projeto 3Rs que é uma medida que tem como principal foco conscientizar a população quanto a diminuição da produção de lixo.

Com o tema: Reciclar é Bom, reutilizar é Melhor e Reduzir é melhor ainda, o projeto 3R desenvolve nas escolas do município atividades ecológicas, onde busca estimular a reflexão sobre a coleta seletiva dos materiais recicláveis na comunidade escolar, e apresentar as fragilidades e os lados negativos e positivos da ação do ser humano.

Durante o evento, houve a apresentação musical, peças teatrais, desfile com roupas ecológicas, que foram produzidas por cada escola e que faz parte do programa 3Rs. A gincana tem como finalidade desenvolver desde cedo nas crianças a conscientização dos alunos quanto os valores da reciclagem para as gerações futuras, além de diminuir os impactos ambientais com o descarte irregular de matérias prejudiciais a natureza.

De acordo com a Superintendente Pedagógica, Gonçalina Auxiliadora Leite Rondon, é na escola que as crianças começam a ter a consciência de que deve-se preservar o meio ambiente, bem como abordar assuntos que possam produzir resultados ao alcance delas.  

“Nós temos que primeiro fazer o seguinte questionamento, o que é preservar o meio ambiente? Preservar é eu enquanto cidadão não colocar fogo em terrenos abandonados, é não jogar lixo fora do lixo, é não jogar lixo no chão, nós temos que fazer a diferença, portanto nós temos que fazer a nossa parte enquanto cidadão. Cada um de nós a temos que aprender com as atitudes”, pontuou Gonçalina Rondon.

Disse ainda a superintendente que é preciso investir nas crianças, oferecendo a elas uma Educação Ambiental de excelência, transmitindo os conceitos e valores, e ainda  colocando em contato direto com os problemas que o nosso meio ambiente vem enfrentando na última década. Com isso as crianças devem ser estimuladas desde cedo a demonstrar curiosidade e interesse pelo meio ambiente.

“Atitudes simples, como: desligar a torneira enquanto escovar os dentes, evitar banhos por períodos longos, devem ser ensinamentos transmitidos para as crianças enquanto pequenos, pois é nessa fase que se forma o consciente dos pequenos, fazendo com que eles repassem o que foi aprendido na escola, para o ambiente familiar. Além disso, devem ser orientadas quanto a importância da coleta seletiva, fazendo com que elas aprendam a diferenciar os materiais orgânicos (Papel, Metal, Vidro, Plástico)”, afiançou Gonçalina Rondon.

Para Gonçalina a gincana mostrou que todos os estudantes estavam envolvidos, mostrando interesse pelo tema e resultado do aprendizado.

“Percebemos que todos os alunos estavam empenhados em aprender quais as formas corretas de descartar lixo, de reciclar, e ao final posso dizer todos aprenderam alguma coisa, seja o público, quanto os alunos. E posso afirmar que hoje os papeis se inverteram, os alunos se tornaram  professores, onde explicaram detalhadamente tudo o que aprenderam sobre o meio ambiente”,concluiu a superintendente.

As Escolas Municipais de Educação Básica – EMEBs que fazem parte do projeto 3R são: "Profª Irenice Godoy de Campos e Silva", "Faustino Antônio da Silva", "Manoel João de Oliveira", "Rita Auxiliadora de Campos Cunha", "Maria Joana da Silva Almeida", "Joaquim da Cruz Coelho", "Maria Barbosa Martins" e "Ednilson Francisco Kolling".

Por: Fred Nogueira – Secom/VG

Comentários Facebook